Serra de Baturité

Turismo ganha força com o lançamento do Caminhos do Maciço

Ação será lançada no dia 27 de setembro, durante a Feira Integrada de Oportunidades do Maciço de Baturité e engloba quatro dos 12 municípios da região

10:00 · 16.09.2018

As prefeituras de Baturité, Guaramiranga, Mulungu e Pacoti, em parceria com o Sebrae-CE, lançam no próximo dia 27 de setembro  uma nova ferramenta de desenvolvimento integrado e sustentável para a região: o Caminhos do Maciço.

O projeto é resultado de um extenso programa de qualificação profissional e orientação técnica que vem sendo aplicado junto aos pequenos negócios dos municípios. O conjunto de ações culmina na promoção do turismo, das indústrias agroartesanais e das organizações produtivas da região no formato de um guia, impresso e virtual

O Caminhos do Maciço agrega informações, em um circuito indicativo dos serviços e atrativos turísticos de cada município por onde passa a Rota Verde do Café. A ferramenta será lançada  durante o FIO Maciço 2018 – Feira Integrada de Oportunidades do Maciço de Baturité. 

Durante a Feira, um estande especialmente montado para a ocasião repassará informações sobre as inúmeras possibilidades que a região oferece, do turismo sustentável a o fomento das indústrias criativas e desenvolvimento local sustentável.

É o caso de Aratuba, município que possui um território agrícola com cerca de seis mil agricultores familiares empenhados na produção de hortaliças, legumes e frutas, e vem desenvolvendo uma linha de produtos beneficiados, de acordo com princípios da sustentabilidade, visando a utilização dos excedentes na produção de produtos de valor agregado e de fácil acesso ao consumidor final. 

“O Caminhos do Maciço, demostra a importância do trabalho em conjunto entre governanças, iniciativa privada e poder público para o desenvolvimento integrado e será um circuito indicativo dos serviços e atrativos turísticos de cada município por onde passa a Rota Verde do Café e que também estará disponível no Portal Destino Serra e num encarte ilustrativo”, explica Fabiana Gizele, articuladora do Sebrae na região do Maciço de Baturité. 

Artesanato

Os produtos artesanais da região também será expostos no Espaço Arena do Artesanato, um loft ambientado com móveis artesanais, utensílios e objetos de decoração desenvolvidos pelos artesãos do Maciço e que o público poderá adquirir nas cidades que compõem o Caminhos do Maciço. Grupos como Baturiarte (Baturité), Rosas de Aningas (Aratuba), Libertar e Libearte (Redenção), Entrelaços (Aracoiaba) e Casa do Artesão (Pacoti) fazem parte do projeto. 

As peças são realizadas levando em conta os princípios da sustentabilidade, com a utilização de matéria-prima renovável e local, reuso de material, resgate de ofícios artesanais, critérios no descarte de resíduos sólidos e valorização da cultura local. 

Desenvolvimento sustentável  

Baturité, Guaramiranga, Mulungu e Pacoti serão os primeiros municípios nos quais o trabalho será desenvolvido. Todas as cidades já possuem atrativos preparados para receber e promover novas experiências aos turistas, que passam pela cultura, gastronomia, agronegócio e turismo. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.