Águas profundas

Tanque de crustáceos gigantes é nova atração do AquaRio

“Mar Gelado” é o nome da novidade que vem atraindo visitantes ao aquário do Rio Janeiro. Nova área abriga o Caranguejo-aranha gigante que pode chegar a 4 metros de comprimento

Mar gelado é o nome do novo tanque que abriga crustáceos exóticos, como o Caranguejo-aranha gigante ( Alexandre Macieira/Divulgação )
09:30 · 23.08.2018 por Marlyana Lima - Editora
Considerado o maior artrópode do planeta, o crustáceo pode pesar quase 20 quilos ( Flickr )

Criaturas exóticas e de tamanho descomunal são os novos "moradores" do AquaRio, equipamento localizado na área portuária do Rio de Janeiro. Com intuito de despertar a curiosidade do público, aguçando ainda mais as histórias das profundezas dos oceanos, o Caranguejo-aranha gigante e o Isópode Gigante, raramente avistados, ganharam um recinto só deles. O novo tanque tem uma configuração especial, com baixa luminosidade e temperatura que é mantida entre 9 e 12°C.

Os dois crustáceos lembram bastante criaturas pré-históricas, por suas formas incomuns. O Caranguejo-aranha gigante (Macrocheira kaempferi) é considerado o maior artrópode do planeta e chega a atingir até 4 metros de comprimento com as patas esticadas. Ele pode pesar quase 20 quilos. Seu habitat natural são as águas profundas do Oceano Pacífico, sendo relativamente abundante nas águas do Mar do Japão, onde é alvo da pescaria comercial.

De acordo com os especialistas, os espécimes adultos podem ser encontrados até a 600 metros de profundidade. Durante o período reprodutivo, chegam a subir até de 50 metros.

"Pouco se sabe sobre a biologia destes animais e para a conservação dessas espécies, é fundamental que se desenvolvam pesquisas em cativeiro. Sempre que trazemos um novo animal aqui para o AquaRio, procuramos elencar as vantagens da pesquisa e da conservação. A educação e o fascínio acabam sendo consequência desse contato dos visitantes", explica Marcelo Szpilman, biólogo marinho e diretor-presidente do AquaRio.

Das profundezas

iso

Outra atração do AquaRio é o Isópode Gigante (Bathynomus giganteus), apontado por pesquisadores como sendo uma das mais antigas espécies dos oceanos. Ele faz parte do grupo dos crustáceos abundantes nas águas frias e profundas dos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico e se alimenta de restos de outros animais. Por isso, possui boca adaptada para cortar e ingerir grandes pedaços de comida e um intestino grande para ingestão máxima de alimento. Pode chegar a 60 centímetros de comprimento e pesar até 2 quilos.

As novas atrações podem ser vistas diariamente no AquaRio (Praça Muhammad Ali, Gamboa - Rio de Janeiro), das 10h às 18h (com entrada no circuito até 17h). Os ingressos custam entre R$ 50 e R$ 100. Crianças menores de três anos não pagam. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.