Perfil

Pesquisa revela os hábitos mais comuns entre viajantes brasileiros

O estudo "International Travel Survey", realizado com 986 entrevistados no País, confirma que os destinos de praia são os mais buscados para as férias entre outras curiosidades. Confira:

14:20 · 27.08.2018

O perfil dos viajantes vem mudando à medida que o turismo se torna cada vez mais acessível e popular. Atento a esse cenário, o Kayak,  plataforma de  planejamento de viagens, acaba de divulgar o resultado de pesquisa realizada com 26.126 entrevistados de 26 países diferentes para identificar hábitos de viagem. 

No Brasil foram ouvidas 986 pessoas de vários estados, com idade entre 18 e 65 anos. O resultado revela o modo como os brasileiros organizam suas viagens, o que buscam e como reagem às facilidade tecnológicas. Confira os destaques:

Destinos de preferência – Praia é líder absoluta

praia

Pelo menos 70% dos brasileiros confirmaram ter destinos de praia como prioridade para as férias. Em termos mundiais, a praia também lidera, mas com 52% dos votos. “O Brasil um país tropical, com uma temperatura média mais alta e uma ampla oferta de praias. É natural tenhamos esse tipo de viagem mais consolidado”, afirma Eduardo Fleury que comando o Kayak no País.

Economia – Viajar é fundamental

viagem

Mais e mais pessoas estão valorizando os passeios turísticos. Quando indagada sobre com o que preferem gastar dinheiro, a maior parte dos brasileiros (43%) respondeu viagens. Quando visitam um novo destino, a maioria (40%) revelou que gosta de fazer compras.

Planejamento – Sites de viagem e preço baixo

pesquisa

O mundo a um clique. Com a facilidade de buscar informações em sites especializados, 50% dos brasileiros revelam que usam essa ferramenta para planejar suas próximas férias. Amigos e família também são uma fonte de inspiração importante (49%). Ao serem questionados sobre o que é mais importante na hora de escolher uma passagem aérea para uma viagem a lazer, 50% responderam que o preço é o principal fator.

Acomodação – Hotéis são preferência

hoteis

Apesar do crescimento no compartilhamento de imóveis para hospedagem, no Brasil, hotéis ainda são o tipo preferido de acomodação dos viajantes, liderando a pesquisa com 52% dos votos. Outros 21% preferem se hospedar na casa de amigos ou familiares, 20% preferem quartos ou casas alugadas e 3% optam por acampamentos. Para a escolha, ter café-da-manhã incluso é uma prioridade para 84% dos brasileiros.

Romances – Brasileiros não costumam se relacionar em viagens

sozinho

Pelo menos 68% dos brasileiros afirmam nunca ter começado um relacionamento com alguém que conheceram durante as férias. Mesmo assim , somos mais adeptos de romances em viagens do que a média global: no mundo, 76% dos entrevistados afirmaram nunca ter vivido essa experiência.

Tecnologia e redes sociais – Compartilhar a viagem

insta

Registrar a viagem e publicar imagens em redes sociais é importante para 53% dos brasileiros. Cerca de 37% escrevem sobre elas e 22% gostam de publicar vídeos. “O uso de redes sociais para o compartilhamento de todas as nossas experiências não é novidade e a tendência é que estes índices aumentem cada vez mais em todos os segmentos”, afirma Fleury.

Depois das férias vem a tristeza

retornoa

A hora de partir é sempre a mais difícil. Cerca de 56% dos brasileiros afirmam se sentirem tristes após o final das férias e, para compensar, a maioria busca adotar hábitos mais saudáveis. Pelo menos 40% afirmam melhorar suas dietas.

Gastronomia é um fator importante 

gastronomia

Comer bem durante as viagens é um fator importante para 55% dos brasileiros entrevistados. Eles afirmam que escolhem seus destinos, entre outras razões, pela qualidade da comida. Para 21%, a gastronomia é o fator principal. A maior parte (58%) prefere restaurantes que sirvam comida local.

Turismo esportivo não é comum

mergulho

Aventura sim, mas na medida. Entre as pessoas ouvidas, 79% alegam nunca ter escolhido um destino com a finalidade de aprender ou aprimorar habilidades esportivas. O esporte mais comum praticado em viagens é o mergulho, resposta de 33% dos entrevistados.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.