Mais um caso

Passageira é retirada à força de um voo da Southwest, nos Estados Unidos

O voo 1525 da Southwest Airlines partiu de Baltimore, em Maryland, e iria até Los Angeles, na Califórnia. A mulher foi arrastada para fora da aeronave pela polícia norte-americana. Veja vídeo

18:42 · 02.10.2017

Uma passageira, cujo nome não foi divulgado, foi retirada à força de dentro de avião da Southwest Airlines, na última quarta-feira, dia 27. A confusão começou quando ela disse aos funcionários da companhia aérea que era portadora de uma alergia mortal a animais de estimação. E, por coincidência, havia dois viajantes com cães a bordo. 

Por considerar que a passageira não poderia prosseguir no voo para evitar que fosse afetada pela alergia fatal, os funcionários solicitaram sua saída. Ela se negou a sair e por isso, a polícia foi acionada para retirá-la do voo 1525 que se destinava a Califórnia, nos Estados Unidos. Veja vídeo:

 

A Southwest alegou que a passageira não tinha um atestado médico que confirmasse que ela poderia completar o percurso ponta a ponta. 

Linda Rutherford, diretora de Comunicações  da companhia, declarou que a passageira não colaborou com a equipe em momento algum. “Nos desculpamos publicamente a essa cliente e aos demais. Estamos chateados em ver como a situação se desenvolveu. Esse nunca é o tipo de experiência que queremos para os nossos clientes”, relatou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.