Turismo de aventura

Parque dos Naufrágios em Pernambuco ganha novos atrativos

Nessa quarta-feira, dia 8, quatro antigos rebocadores serão afundados e transformados em atração na área destinada à prática de mergulho

11:37 · 07.02.2017
As embarcações usadas no Parque dos Naufrágios proporcionam refúgio e habitat para o meio marinho

Em ação inédita, a Secretaria de Turismo de Pernambuco promoverá o afundamento de quatro rebocadores no Parque dos Naufrágios Artificiais, situado na plataforma continental do Estado. O projeto, batizado de "Mergulhe Pernambuco", visa transformar os barcos em novas atrações para exploração de mergulhadores que costumam visitar o local.

Considerado um dos melhores locais para prática de mergulho no Brasil, o Parque dos Naufrágios conta com navios históricos em sua área. Alguns exemplares datam do período da Segunda Guerra Mundial. 

A previsão é que rebocadores São José, Bellatrix e Phoenix sejam afundados a 13 quilômetros da costa. Já o barco Virgo ficará submerso a 11 quilômetros do Porto do Recife. Eles reforçarão a "frota" naufragada que ficará com 18 embarcações. Todas estão localizadas em áreas com ótimas condições para mergulho.

Desde de 2002, o parque vem atraindo mergulhadores de todo o País. E graças à divulgação feita em países da América do Sul, Pernambuco passou a receber  centenas de turistas argentinos interessados na atração. Segundo a Secretaria de Turismo do Estado, já foram vendidos mais de 450 pacotes incluindo o Parque dos Naufrágios.

Além de ser transformadas em atração turística, as embarcações usadas no Parque também proporcionam refúgio e habitat para o meio marinho, permitindo o estabelecimento de uma cadeia alimentar e de relações ecológicas no entorno do recife.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.