Mais caro

Países da Europa cobrarão taxa para entrada de estrangeiros

Além de pagar 7 euros, mesmo os turistas que não precisam de visto terão que preencher formulário em um site específico. A medida visa ampliar a segurança de quem entra nos países da União Europeia

14:52 · 26.04.2018 / atualizado às 14:56
visto
A medida, ainda sem data para vigorar, afetará os turistas brasileiros que viajam para a Europa

Pode até demorar um pouco, mas os brasileiros e outros turistas internacionais terão que pagar uma taxa de 7 euros para entrar em países da Europa. Também será exigido que os viajantes insiram seus dados em um site específico - que será criado pelo Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (Etias)

As novas medidas foram aprovadas na quarta-feira (25), em um acordo entre a Comissão Europeia e o Parlamento, em Bruxelas. A justificativa para a nova taxa e maior controle de dados é a segurança. A iniciativa ainda não tem data para entrar em vigor.

Desde os atentados em Paris, em 2015, as mudanças no sistema de entrada de turistas estramgeiros que não necessitam de visto estão sendo formatadas com intuito de ampliar a capacidade de identificação dos que viajam por companhias aéreas para a Europa. O sistema é igual ao modelo americano (Esta), que detém os dados pessoais dos passageiros que ingressam no país.

Guerra ao terror

Embora o intuito da medida seja dificultar o ingresso de terroristas em potencial,  seu alcance será maior. Passageiros fichados pelo serviço de inteligência policial por suspeitas de atos terroristas, que sejam potenciais imigrantes irregulares ou representem risco à saúde pública não poderão entrar na UE. O imposto financiará o funcionamento do sistema e cobrirá em parte a perda de orçamento representada pela saída do Reino Unido do bloco. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.