No primeiro semestre

Fortaleza é o destino nordestino mais querido entre os brasileiros

Pesquisa realizada pelo buscador de voos Viajala mostra que a Capital cearense é a cidade mais procurada da região e a terceira no ranking nacional

13:01 · 29.05.2018
fortal
A Capital cearense é destaque também no ranking nacional ( Jade Queiroz /MTur )

Com o dólar em alta e as viagens internacionais perdendo espaço para os destinos domésticos, Fortaleza vem ganhando ainda mais destaque no mercado de turismo nacional. É o que mostram os  dados do buscador de voos Viajala.

A capital cearense registrou cerca de 70 mil buscas de passagens aéreas em 2018, o equivalente a 6% do total da amostragem de mais de um milhão de pesquisas processadas pelo buscador no semestre até agora. 

A pesquisa também situa Fortaleza como o terceiro destino mais buscado do Brasil este ano até o momento, atrás apenas de São Paulo, que registrou 15% das buscas dos brasileiros no primeiro semestre de 2018, e Rio de Janeiro, com 8%. "Em um ano de crise econômica e alta do dólar, viagens nacionais são a melhor alternativa para as férias de julho dos usuários e para os frequentes feriados prolongados que temos, já que os gastos em real ficam mais previsíveis do que os gastos em dólar. Nesse cenário, o Nordeste se destaca", explica Eduardo Martins, diretor nacional do buscador.

Ele lembra que a volatilidade da moeda estrangeira assusta até mesmo quem está habituado a viajar para o exterior. "Porque também há o medo da fatura do cartão de crédito, que pode fechar em um dia de alta", completa.

No Nordeste, os outros destinos que aparecem em destaque no ranking, logo atrás de Fortaleza, são Recife (PE) e Salvador (BA), empatados com 5% do total de buscas de voos cada; João Pessoa (PB) alcançou 3% e Maceió (AL), Natal (RN), Teresina (PI) e São Luís (MA) estão empatados com 2% cada. 

"Para quem parte de outras regiões, como Norte, Sul e Sudeste, Fortaleza é um destino nordestino que costuma ter bons preços, assim com Recife e Salvador, enquanto Maceió e João Pessoa são destinos cujos voos são, geralmente, um pouco mais caros", comenta Martins. "Além disso, estadia e alimentação em Fortaleza também são mais em conta, o que ajuda na escolha do consumidor que quer economizar". 

De acordo com o levantamento, os usuários que mais buscaram por Fortaleza espalham-se, principalmente, pelo Sudeste e Norte. Um total de 26% das buscas  para Fortaleza têm como origem os aeroportos de São Paulo; 19% são do Rio de Janeiro; 10%, de Manaus e 8%, de Belém. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.