Luxo extremo

Embraer projeta jato executivo de U$ 80 milhões

O Lineage 1000E é a maior aeronave da frota executiva fabricada pela empresa brasileira. O interior da versão conceitual "Manhattan" possui decoração luxuosa, em estilo Art Déco, assinada pelo designer Eddie Sotto

15:44 · 04.09.2017 / atualizado às 15:52 por Marlyana Lima - Editora

A Embraer Executive Jets, divisão de jatos comerciais, promete impressionar os compradores da versão conceitual do Lineage 1000E: o  “Manhattan Airship”. O preço inicial da aeronave customizada será de U$ 80 milhões

O projeto parte da configuração composta por cinco zonas de passageiros. Uma delas pode ser usada como quarto principal, incluindo cama queen-size e chuveiro. Mas, além do conforto, a proposta é impactar com o luxo dos detalhes internos. A missão foi entregue ao designer Eddie Sotto e o resultado veio na forma de uma obra de arte em estilo Art Déco, com referências culturais tão elegantes que alguns passageiros vão pensar duas vezes antes de deixar a cabine quando chegarem ao seu destino. 

“O futuro do luxo para nós é dar as pessoas uma experiência que as surpreenda, algo que não esperavam”, declarou Jay Beever, vice-presidente de design de interiores da Embraer Executive Jets ao apresentar o novo layout. “Queremos dar um motivo para que as pessoas se sintam diferentes ao chegar no avião”. 

Presidente da SottoStudios, em Los Angeles, e ex vice-presidente sênior de design conceitual da Walt Disney Imagineering, Eddie Sotto chama sua obra de “Dirigível de Manhattan” e segundo ele, o conceito também possui referências náuticas inspiradas no Normandie, navio francês que ficou conhecido por seus luxuosos espaços de primeira classe feitos em Art Déco. 

Referências históricas

Para projetar um interior diferenciado do jato, Sotto também visitou o Queen Mary, outro navio com elementos de design semelhantes. Para que a experiência de transportar os passageiros a outra era fosse a mais real possível, Sotto exigiu dos engenheiros a instalação de pisos de madeira escura e painéis, além de acentos dourados. 

Detalhista, o designer optou por colocar, na parede da entrada da cabine, um mural metálico que retrata o horizonte de Manhattan em torno de 1930. A referência veio do edifício Empire State. Outro espaço que chama atenção é o salão Crystal Room, onde seis passageiros podem jantar em uma mesa com incrustações decorativas. Os assentos são cobertos de mohair (tecido semelhante à seda, produzido a partir do pelo da Cabra Angorá) e as luminárias de policarbonato simulam o mais puro cristal (o uso de vidro é proibido no interior do jato).

Apesar de ultramoderno, o design exterior do Lineage 1000E na versão customizada também possui referências históricas. As listras horizontais evocam a locomotiva S1 projetada por Raymond Loewy, um pioneiro da simplificação. Resta aguardar quantos bilionários farão encomendas dessa joia aérea à empresa brasileira. Confira a configuração do jato:

  • Autonomia de voo: 8.334 km
  • Velocidade máxima: 890 km/h
  • Envergadura: 29 m
  • Velocidade de cruzeiro: 1.005 km/h
  • Comprimento: 36 m
  • Custo unitário: U$ 80 milhões
  • Número de assentos: 19

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.