Visual impressionante

Dubai se inspira em Veneza para construir resort flutuante

Na maior cidade dos Emirados Árabes, o complexo de ilhas artificiais The World abrirá espaço para um projeto ambicioso chamado Veneza Flutuante. Confira vídeo

09:00 · 12.09.2017

Vem da Itália a inspiração para mais um projeto arquitetônico grandioso construído em Dubai, nos Emirados Árabes. Na terra onde os edifícios são feitos para surpreender os visitantes, The Floating Venice (A Veneza Flutuante) será um resort flutuante de luxo inigualável.

Quando for concluída, a obra terá capacidade para receber até três mil visitantes por dia, em suas 414 suas acomodações, além de 12 restaurantes e bares. Várias áreas serão dedicadas ao entretenimento e uma delas será ambientada embaixo d'água. 

Já na entrada, os hóspedes serão levados a fazer o check-in na recepção, chamada de Plazza San Marco. As suítes terão vista privilegiada para os quase 40 m² de corais plantados em volta do resort. O empreendimento ainda contará com um spa subaquático e outras alternativas de lazer sob a água. Confira o vídeo:

A ideia da empresa Kleindienst, responsável pela obra, é que a Veneza Flutuante seja uma das novas maravilhas de Dubai. Para isso, em toda a superfície do resort, gôndolas importadas diretamente de Veneza levarão hóspedes a todos os espaços através de canais artificiais. Quem preferir, poderá caminhar pelas calçadas e pontes que circudam o complexo e se deleitar com praias e piscinas artificiais. 

Durante o lançamento do projeto, nesta segunda-feira, 11, Josef Kleindienst, executivo da Kleindienst afirmou que o objetivo final proporcionar uma experiência icônica. "Nossa visão se alinha na ambição de Dubai se transformar em um líder global como destino e como local de inovações. The Floating Venice é a síntese dessa inovação e desse espírito, sendo o primeiro resort de luxo numa embarcação subaquática do mundo", disse.

Para que espírito da cidade italiana seja completamente acolhido pelos visitantes de Dubai, a Veneza Flutuante terá seu próprio Carnaval (com as famosas máscaras venezianas) e Bienal, além da Festa do Redentor

A previsão é que as obras para a construção comecem já no início de 2018. Já a inauguração deverá acontecer no fim de 2020. Até lá, resta sonhar com mais esse monumento árabe.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.