Tesouros turísticos

Destinos curiosos na Europa que valem a visita

Se você o tipo de viajante que gosta de sair do lugar comum na hora de montar um tour, saiba que a Europa guarda lugares prontos para ser descobertos por quem gosta de história e aventura. Confira:

09:15 · 06.08.2017

Os cartões-postais apontam o que todo mundo gostaria de ver quando está viajando pela Europa. Torre Eiffel, Louvre, Vaticano, Big Ben, Veneza, Coliseu... e a lista segue por aí. As próprias agências de viagens já oferecem roteiros fechados incluindo os pontos icônicos. E eles são interessantes, claro!

Mas para quem deseja ir muito além dos já conhecidos pontos de visitação, o Velho Continente tem verdadeiros "tesouros" turísticos e culturais prontos para ser conferidos. Uma lista elaborada por Matt Meltzer, do Thrillist Travel, revela alguns desses pontos nada comuns.

Neuer Garten, Berlim (Alemanha)

Neuer GartenEncomendado pelo Príncipe Frederico Guilherme II em 1787, o parque com de mais de 102 hectares foi inspirado em jardins ingleses do século 18.Está localizado na parte ocidental de Berlim, na área histórica conhecida como Potsdam. Além da localização privilegiada, o parque encanta por suas notáveis atrações como o laranjal inspirado nos egípcios, e uma pirâmide apelidada de “Casa do Gelo” por já ter servido de centro de refrigeração para todos palácios. Mas, certamente, o mais curioso é que o local já serviu como ponto de encontro para a KGB.

Giacometti Hall, Zurique (Suíça) 

Giacometti Hall

Que viajante reservaria tempo em sua agenda para visitar um sede de polícia? Certamente, ninguém. Mas se estiver em Zurique, na Suíça, vale muito a pena destinar uma horinha para conferir o prédio que serviu originalmente como um orfanato e também já abrigou uma adega. Em meados do século 19, o arquiteto Gustav Gull teve a brilhante ideia de iluminar o lugar e transformar o teto abobadado em um show de luzes. Hoje o local é conhecido como “Hall das pequenas flores”.

Old Operating Theatre Museum and Herb Garret (Inglaterra)

Old Operating Theatre Museum and Herb Garret

Quem já assistiu a filmes de época nos quais apareciam cenas de aulas de Medicina ("O Lobisomem" e "Do Inferno"), certamente vai reconhecer a atmosfera. Nesse local, no começo do século 19, alunos e espectadores se reuniam no pequeno museu de medicina, perto da London Bridge, para assistir os mestres realizarem cirurgias e amputações. É o mais antigo teatro cirúrgico ainda remanescente na Europa. Os visitantes com estômago forte podem aprender sobre as primitivas práticas médicas da época e ver os estranhos instrumentos de então. 

Arquibasílica de São João de Latrão, Roma (Itália)

Arquibasílica de São João de Latrão, Roma

Não precisa abrir mão de conhecer a Basílica de São Pedro quando estiver no Vaticano. Ainda assim, uma visita a Roma pode ser bem enriquecedora para quem gosta da história da Igreja Católica. A Arquibasílica de São João de Latrão pode não ser tão famosa, mas possui tanta importância histórica quanto as mais renomadas do país. Erguida no século quatro, é a igreja mais antiga da Europa e também é a Sé Episcopal oficial do Papa. A principal atração é a Escada Santa, composta por 21 degraus, onde já esteve Pôncio Pilatos. Acredita-se que essas são as escadas por onde Jesus caminhou quando foi condenado à morte.

Les Caves du Louvre, Paris (França)

caves

Visitar o maior museu do mundo requer tempo, atenção e reverência às obras de gênios. O que nem todos sabem é que, abaixo do Louvre, existem cavernas subterrâneas que foram usadas para guardar os vinhos do Rei Luís XV. Depois de uma renovação que demorou dois anos, o local se tornou um dos melhores lugares em Paris para beber e aprender sobre vinhos. Oito salas são dedicadas aos diferentes aspectos da produção da bebida.

Glasnevin Cemetery & Museum, Dublin (Irlanda)

GlasnevinCemeteryMuseumDublin

Não se engane. Esse não é um programa feito para pessoas mórbidas. Na verdade, o cemitério de Glasnevin é uma espécie de mostruário de famosos construtores de sepulturas e monumentos de granito. Também tem importância histórica pois foi o primeiro cemitério católico da Irlanda, aberto para que os então oprimidos e perseguidos pudessem enterrar seus familiares. 

Cripta Imperial, Viena (Áustria)

cripta

É preciso estar preparado para visitar o espaço abaixo da Igreja dos Capuchinhos, a alguns quarteirões do Palácio Imperial de Hofburg. Lá, fica o local de enterro dos Habsburgo austríacos, soberanos hereditários do Sacro Império Romano-Germânico e seus descendentes. O espaço tem túmulos ornados de imperadores, imperatrizes e rainhas, num total de 149 membros da família real. 

El Bosque Encantado, Madri (Espanha)

El Bosque Encantado

Impossível não se encantar diante desse calmo jardim espanhol onde as árvores e arbustos são podados de forma que pareçam com dinossauros, dragões, carruagens, princesas e outras criaturas bem peculiares. O bosque encantando, como é conhecido, conta com a mais vasta coleção de esculturas "vivas" da Europa. Também exibe labirintos, uma cachoeira e áreas formadas por cerca de 500 espécies de plantas.

San Bernardino alle Ossa, Milão (Itália)

San Bernardino alle Ossa

Por fora, essa parece ser apenas mais uma igreja. Por dentro, vê-se que nada há de comum nesse templo que foi construída em 1269 para acompanhar uma câmara usada para guardar ossos, já que o cemitério de um hospital próximo não tinha mais espaço. Atualmente, o ossuário da igreja, uma pequena capela, é a grande atração do local. Esqueletos são distribuídos nas paredes, pilares, portas e servem como cruzes e molduras.

Coleção privada de carros antigos do Príncipe Rainier III, Mônaco

FontvieilleemMônaco

Para quem gosta de carros, esse é provavelmente um lugares mais interessantes da Europa. Escondido em um shopping, na seção de Fontvieille em Mônaco, há a mais real coleção de carros do mundo. O Príncipe Rainier III, permitiu ao público visitar seu impressionante conjunto que conta com cerca de 100 modelos dos mais variados. Carruagens utilizadas pela realeza europeia no século 19, Renaults conversíveis, carros de Fórmula 1 e Ferraris antigas fazem parte do acervo. Para muitos, a visita é uma aula sobre a evolução automobilística.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.