Especial Publicitário

Criação de circuitos é estratégia do Sebrae para desenvolvimento do turismo do Cariri

( Foto: Allan Bastos )
00:02 · 06.09.2018 por Sebrae
( Foto: Allan Bastos )
( Foto: Ernesto Bastos )

O Cariri cearense é conhecido pelas suas belezas naturais e pela riqueza cultural. A região abriga paisagens deslumbrantes, além da maior reserva mundial de fósseis do período Cretáceo e o primeiro Geopark das Américas. Também é palco de diversas manifestações culturais, como a literatura de cordel e xilogravura, as bandas de pífano, os reisados, as cantorias e a grande devoção popular, expressada, por exemplo, nas romarias do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, e na festa do Pau de Santo Antônio, em Barbalha.

Neste terreno fértil, se encontram atrativos para os mais diversos públicos. E é justamente, buscando aproveitar esta diversidade, que o Sebrae, juntamente com empreendedores e instituições públicas e privadas, estão apostando na estruturação de pequenos circuitos como forma de ampliar a vinda e a permanência de turistas no Cariri. “Hoje o Cariri possui uma boa infraestrutura de hotéis, restaurantes e serviço, além de atrativos naturais e culturais, mas a presença de turista de lazer ainda é aquém do potencial da região”, afirmou o gestor do projeto de turismo do Sebrae na região do Cariri, ÉdioCallou.

Por isso, segundo ele, a ideia é estruturar os atrativos existentes em formas de circuitos para públicos com interesses específicos, facilitando a comercialização destes produtos por meio das agências locais, regionais e nacionais. “Foi feito um estudo que apontou a criação de circuitos como uma oportunidade de melhorar a comercialização do destino Cariri. Hoje mesmo, algumas agências locais e até mesmo estaduais já vêm vendendo pacotes turísticos do Cariri em forma de circuito. Mas a nossa ideia é estruturar ainda mais estes pequenos roteiros”.

O gestor do Sebrae faz questão de destacar que a estruturação é um passo a mais no sentido de fortalecer o turismo na região. “O Sebrae já vem atuando no turismo no Cariri na articulação dos diversos atores locais, na capacitação dos empreendedores, na qualificação dos equipamentos, no estímulo à inovação, agora com a estruturação destes circuitos queremos enriquecer a oferta turística, ampliando as opções de visita e a satisfação do turista, ajudando também a fortalecer os pequenos negócios, consequentemente, gerando mais trabalho, renda e qualidade de vida no território”.

Esta ação vem sendo desenvolvida com o apoio do Conselho de Desenvolvimento do Turismo no Cariri (CONDETUR), das prefeituras de Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte, da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel Cariri) e da Universidade Regional do Cariri (URCA), por meio do escritório do Geopark Araripe.

Circuitos

Entre os circuitos turísticos apontados por Édio estão o Circuito das Águas do Araripe, o Circuito da Fé, Circuito Cultural/Histórico, o Circuito de Ecoturismo/Aventura e o Circuito dos Fósseis. No Circuito das Águas, a ideia é explorar as fontes naturais do Cariri, geradas principalmente pela pluviosidade acima da média da região no 1º semestre, que fazem com que o Cariri se transforme em um verdadeiro oásis no meio do sertão. Entre os atrativos, podem ser destacados o Balneário Caldas, o Arajara Park, o Sítio Pinheiro, a Cascata do Lameiro e a cachoeira de Missão Velha, por exemplo.

No Circuito da Fé, a ideia, segundo o gestor de turismo do Sebrae, é explorar a expressividade religiosa do Cariri, que transpassa a religião católica, tendo um forte teor histórico e cultural. A região, que tem como seu ícone maior o Padre Cícero e duas das maiores estátuas sacras do Brasil, chama a atenção também pela riqueza e imponência de suas igrejas, fazendo com que esse roteiro possa ir além da fé e da crença de seus visitantes. “Hoje o turismo religioso alavanca cerca de R$ 15 bilhões anualmente no Brasil. E roteiros assim fomentam os pequenos negócios, geram ocupação nos pequenos ranchos e geralmente têm visitantes recorrentes”, destaca Édio.

Entre os atrativos do Circuito da Fé estão o Horto, com seu casarão e o Memorial de Padre Cícero, o Museu Vivo, a Igreja Nossa Senhora das Dores, a Capela de Nossa Senhora do Socorro, o Convento dos Frades Capuchinhos, a estátua de Nossa Senhora de Fátima e a Igreja de Nossa Senhora da Penha, ambos no Crato, e a Igreja de Santo Antônio de Barbalha.

Cultura e História

O Cariri também é um celeiro de grandes artistas e de manifestações culturais de extrema relevância para a cultura do Estado. Alguns de seus municípios têm um exponencial cultural que pouco se observa em outros estados do Brasil. Daí, segundo ÉdioCallou, a ideia de se criar um circuito que possa levar os visitantes a conhecer um pouco desta riqueza. Entre os pontos de visitação estão os casarões do centro histórico de Barbalha, o Museu de História do Crato, o Museu Benedito José Teles, além de casarões urbanos e rurais do Crato.

Em Nova Olinda, destaca-se a Fundação Casa Grande, a oficina do mestre Espedito Seleiro e o Museu do Ciclo do Couro. Em Juazeiro, podem ser visitados atrativos como a Lira Nordestina, o Mercado Central e a galeria Mestre Noza. Além de conhecer os prédios históricos e a produção artesanal do Cariri, segundo o gestor do Sebrae, neste circuito os turistas podem ser levados a acompanhar o processo produtivo de artistas da região.

Natureza

Outro ponto forte da região, é o ambiente propício para a prática do ecoturismo e de esportes de aventura, como a realização de caminhadas em trilhas, rapel e passeios de bike, bem como a simples visitação para a observação da fauna ou a participação em vivências com as comunidades locais. Tendo como cenário a Chapada do Araripe, esse circuito é caracterizado por lendas e paisagens deslumbrantes que levam os visitantes a mirantes e formações rochosas únicas como o Pontal da Santa Cruz de Santana do Cariri, o Sítio Fundão, a Trilha do Belmont, a Trilha do Picoto (que possui o maior single track do Brasil), a Ponte de Pedra e a Pedra da Coruja.

Já no Circuito dos Fósseis, como o próprio nome já diz, está uma das principais riquezas naturais do Cariri: o Geopark Araripe. Único das Américas e indutor do turismo científico e educativo na região, o Geopark guarda em seu território um tesouro paleontólogo de dimensões extraordinárias. A Bacia do Araripe é uma das maiores e mais importantes jazidas do Período Cretáceo no Brasil e no mundo, onde vários fósseis estão em um grau incomum de preservação, com peças com idade entre 100 e 120 milhões de anos.

Neste circuito, além de conhecer os estudos e pesquisas na área e interagir com a comunidade local, os visitantes poderão ir aos nove geossítios, distribuídos pelos municípios de Barbalha, Crato, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri.

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO ESPECIAL
logo sebrae

           

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.