Viagens internacionais

Confira os melhores destinos no exterior para driblar a alta do dólar

Levantamento realizado pela CVC lista os países que apresentam vantagens em relação aos gastos no destino, se comparado com outras localidades onde a moeda é dolarizada

08:00 · 01.05.2018 / atualizado às 08:22

Quem está pensando em viajar para o exterior nas próximas férias, certamente está de olho na alta do dólar e as implicações que a flutuação do câmbio pode ter no planejamento. Uma boa pedida para quem tem orçamento limitado é fugir de destinos onde os custos são atrelados à moeda americana.

Para orientar o consumidor, a CVC, uma das maiores operadoras das Américas, eleborou uma seleção de destinos internacionais para quem precisa driblar a alta do dólar. Na lista se destacam cidades sulamericanas que têm despertado o interesse de uma parcela de brasileiros que não abrem mão de viajar ao exterior nas férias. 

Bariloche - Argentina

Bariloche

Com o anúncio de novos voos diretos de Fortaleza para Argentina, o destino tem tudo para ganhar mais visitantes brasileiros, especialmente das regiões Norte e Nordeste. A capital Buenos Aires é sempre uma boa opção na América do Sul com ares europeus, uma infinidade de atrações culturais e ótima gastronomia, ideal para visitar mais de uma vez. No entanto, outras regiões turísticas também se destacam. É o caso de Bariloche. Localizada a 2 horas de voo de Buenos Aires, a cidade aposta no charme de suas atrações para receber mais turistas em julho e agosto, quando a neve dá o ar da graça e transforma a região. Na cidade, as principais atrações turísticas saem em torno de R$ 200 reais, inclusive os passeios Cerros para fazer as atividades na neve.

Santiago - Chile

Chile

Assim como outros países da América do Sul, o Chile é um destino viável para viajar em tempos de dólar mais alto. Os principais passeios e atrações da cidade de Santiago saem por menos de R$ 200 reais, por pessoa. Além disso, o país isenta os turistas estrangeiros, que estejam há menos de 60 dias no país, do IVA – Imposto sobre valor agregado - nas diárias de hotéis.

Cancun - México

cancun

As praias de Cancun são, sem dúvida, ótima opção para as férias. Oferecendo excelente infraestrutura hoteleira, com a maioria dos resorts operando em sistema All-Inclusive (o que evita gastos extras com alimentação), o destino oferece gratuidade de hospedagem para crianças.

Montevidéu - Uruguai

uruguai

Na capital Montevidéu algumas das principais atrações turísticas e cartões postais não são pagos, a exemplo do Mercado del Puerto, Rambla de Pocitos, Feira Tristán Narvaja, Puerta de La Ciutadela e o Teatro Sólis que têm dias de visitação gratuitos, o que já representa uma boa economia. Assim como o Chile, o Uruguai também isenta os turistas estrangeiros, que estejam há menos de 60 dias no país, do IVA nas diárias de hotéis.

Cartagena, Bogotá e San Adres - Colômbia

Cartagena-das-Indias-Muralha

Esticando um pouco o orçamento, é possível visitar três destinos turísticos na Colômbia numa mesma viagem. No país é possível comer, passear e até mesmo fazer compras a custos bem baixos.

Cidade do Cabo - África do Sul

cidade-do-cabo

A África se tornou um destino bastante atraente para quem não quer gastar tanto em viagens internacionais. Atualmente um rand, moeda local, equivale a R$ 0,29. Assim, alguns serviços, como alimentação, ficam mais em conta. O país também tem atrações para todos os gostos, como safáris, praias e montanha, todos com paisagens cinematográficas. Além disso, brasileiros não precisam de visto, ou seja, uma despesa a menos.

Deli - Índia

Deli

Exótica e cheia de atrações impressionantes, a Índia é um dos países mais baratos para se viajar e se hospedar, visto que tem as diárias mais em conta do mundo. É possível conhecer o Taj Mahal, em Agra, e ainda se deliciar com gastronomia de qualidade, em barracas de rua ou restaurantes sofisticados, por menos de R$ 100

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.