Símbolos belgas

Bruxelas comemora 60º aniversário de três ícones nacionais

Em junho, os turistas são convidados a participar das celebrações da Brussels Expo, em homenagem aos Smurfs, o Atomium e o Square. Saiba mais

A Brussels Airlines customizou seu novo avião com tema dos Smurfs, um dos símbolos de Bruxelas
12:51 · 21.05.2018 por Marlyana Lima - Editora

Gerações inteiras se divertiram com os pequeninos Smurfs. O que poucos sabem é que esses animados elfos azuis foram criados em 1958, em Bruxelas, por Pierre Culliford, mais conhecido como Peyo. A data, claro, merece uma comemoração à altura.

E não são apenas essas divertidas criaturas que fazem 60 anos em 2018. A capital da União Europeia também tem dois ícones urbanos comemorando seis décadas de existência. Em abril de 1958, a Expo 58 (Feira Mundial de Bruxelas) abriu suas portas com uma filosofia de manter a paz entre todas as nações, baseada no respeito mútuo e na aproximação das pessoas. Para marcar a ocasião, foi inaugurado o Atomium. No mesmo ano, o Centro de Congressos de Bruxelas (Square) abriu no centro da capital belga. 

Todos esses eventos sinalizaram o início do turismo em Bruxelas. O Centro de Informações da região, um precursor do Escritório de Turismo, foi criado para fornecer informações aos turistas sobre a cidade – que sedia a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e já foi sede do Mercado Comum Europeu. Os congressos que foram organizados em Bruxelas ajudaram no crescimento da cultura.

Para reforçar a importância desses três símbolos, o visit.brussels, escritório de turismo em Bruxelas, organizou uma tripla celebração na Feira IMEX, em Frankfurt.

Smurfs

smurfs

Quem diria que essas incríveis criaturas já têm 60 anos. Mas é fato! Tudo começou em 1958, quando os pequenos personagens azuis, imaginados por Peyo, apareceram pela primeira vez na série Johan and Peewit, do mesmo autor, e roubaram os corações dos leitores, que clamavam por mais aventuras Smurfs.

Vários eventos estão planejados para este ano de comemorações. Entre eles, destaque para o novo avião com tema dos pequenos na série da Brussels Airlines, que celebra os ícones belgas. Além disso, haverá uma presença Smurfy nas festividades do Dia Nacional da Bélgica, em 21 de julho, nos 20 km de Bruxelas e no Memorial Van Damme Diamond League, evento de atletismo.

O destaque deste ano é a excepcional: Smurf Experience, ação que oferece uma chance sem precedentes de mergulhar no mundo mágico dos pequenos elfos azuis. A exploração conta com espetaculares efeitos especiais para compartilhar com a família. Uma aldeia especial será montada para dar aos visitantes a sensação de ter o tamanho de um smurf, com direito a visitar a casa de cogumelo. Os ingressos já estão á venda e custam entre 11 e 17 euros

Atomium

atomium

Essa incrível construção foi idealizada para abrigar o edifício principal e emblema da Expo 58 e é bastante admirada pelos belgas, por simbolizar um estado de espírito que mescla audácia, estética e know-how técnico. A construção recebe por volta de 600 mil visitantes todos os anos.

Para celebrar o seu 60º aniversário, o Atomium oferece várias atividades, exposições, eventos e produtos para se manter como símbolo da Bélgica. Ao longo do ano, os ingressos incluirão acesso ao ADAM - Museu de Design de Bruxelas, o que permite aos visitantes explorarem as exposições e reviverem parte da história belga.

Square

square

O Centro de Congressos de Bruxelas também foi construído para a Expo 58, que revelou a necessidade de locais capazes de sediar conferências internacionais na capital da Europa.

Em 2009, após grandes obras de renovação, o Centro de Congressos reabriu como Square. É uma peça genuína de arte contemporânea, com espaços claros e abertos. Um inovador cubo de vidro de 13 metros permite que a luz natural entre diretamente nos níveis mais baixos do edifício e crie um ambiente inspirador que incentiva reuniões e trocas. Desde sua abertura, recebeu mais de 17 mil eventos e mais de 10 milhões de visitantes.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.