Recorde

Boeing 787 é rebocado por carro elétrico da Tesla

Realizada na pista do aeroporto de Melbourne, na Austrália, a ação entrou para o Guinness Book como o reboque mais pesado já feito por um veículo elétrico. Confira o vídeo

15:53 · 16.05.2018
qantas
O novo Boeing 787-9 Dreamliner da Qantas foi rebocado por um veículo da Tesla, em Melbourne, Austrália

A cena impressiona. O novo Boeing 787-9 Dreamliner da empresa aérea australiana Qantas foi, literalmente, rebocado por um veículo Tesla X P100, nesta terça-feira, 15. A ação conjunta das duas empresas foi realizada na pista do Aeroporto de Melbourne, na Austrália.

Com mais de 60 metros de comprimento e pesando 130 toneladas, o avião com capacidade para transportar até 236 pessoas, foi carregado sem passageiros por um automóvel elétricoTesla durante 300 metros. O fato acabou rendendo um recorde, registrado no Guiness Book. veja o vídeo:

Em comunicado, a companhia aérea explicou que trabalhar com a Tesla é parte da estratégia de reduzir as emissões de efeito estufa. O impressionante reboque chama atenção para o trabalho de substituição do diesel. 

Esta foi a terceira vez que um jato da Qantas foi usado para demonstrar o potencial da energia elétrica. Os aeroportos de Sidney e Camberra já foram palco de reboques de jatos feitos por carros da Tesla. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.