70 anos de independência

Monumentos contam a história de Israel

Tour pelas ruas de Tel Aviv conta a história da Independência do Estado e da fundação da cidade

Monumento dedicado aos fundadores de Tel Aviv, situado no início do Boulevard Rothschild, no centro da cidade Foto: Ricky Rachman
00:00 · 31.05.2018
Rothschild Boulevard mantém a arquitetura preservada. Também é o local onde ficam alguns dos melhores bares e restaurantes da cidade israelense
Tour Independence Trail pode ser conferido com ajuda de aplicativos que informam detalhes dos monumentos históricos Foto: Ricky Rachman

Para celebrar os 70 anos do Estado de Israel, completados neste mês, Tel Aviv-Yafo elaborou um percurso turístico com paradas em dez locais históricos que têm relação direta com a Declaração de Independência, em 1948, e também faz referência à fundação da própria cidade, em 1909.

O tour Independence Trail começa no primeiro quiosque de Tel Aviv, na esquina do Rothschild Boulevard com a Herzl Street, e continua ao longo de Rothschild, passando por pontos como a Casa de Akiva Aryeh Weiss; a Grande Sinagoga; o Monumento dos Fundadores de Tel Aviv; e a estátua de Meir Dizengoff - o primeiro prefeito da cidade - até o Independence Hall, onde David Ben-Gurion proclamou o estabelecimento do Estado.

Além das descobertas históricas, o passeio oferece oportunidade de experimentar a gastronomia local e acompanhar o dia a dia dos moradores. Pela localização central, no polo financeiro e tecnológico da cidade, os monumentos são rodeados por restaurantes, cafés, bares e galerias de arte, o que torna o passeio ainda mais interessante.

Interação digital

Com um quilômetro de extensão, o caminho é sinalizado por marcações douradas no chão, e os turistas podem utilizar um aplicativo interativo ou um mapa, disponibilizado em oito idiomas, como guias. O sistema de iluminação exclusivo ainda permite que os turistas percorram a rota durante a noite.

Até dezembro deste ano, os visitantes podem aproveitar para conhecer também o "Pavilhão da Democracia de Israel", uma apresentação sobre a história da Declaração de Independência.

O projeto, fruto da colaboração entre o Israel Democracy Institute e o município de Tel Aviv-Yafo, ganhou vida em uma estrutura no Rothschild Boulevard, onde é projetado um filme em 360º que retrata momentos importantes da democracia no país. A construção é cercada por arcadas que simbolizam a diversidade e a complexidade da sociedade israelense.

Patrimônios da Unesco

Há muito para se ver no país. Israel está na lista da Organização das Nações Unidas de Educação, Ciência e Cultura (Unesco) com nove locais considerados Patrimônios Mundiais.

Massada, cujo nome significa "lugar seguro", é um dos símbolos da identidade cultural judaica e da luta humana contra a opressão. Construída por Herodes, o Grande, o local Massada, a antiga vila romana foi erguida sobre um imponente planalto escarpado, situado no litoral sudoeste do Mar Morto.

Outro ponto que merece ser conferido é a Cidade Branca de Tel Aviv. Seus edifícios sintetizam as tendências arquitetônicas do Movimento Moderno e as integra às condições locais. Os visitantes podem observar essas construções em Dizengoff, Rothschild e em outras ruas próximas.

Igualmente impressionante é a antiga cidade de Acre. Também conhecido como Akko, o local é um excelente exemplo de uma cidade otomana cercada por muralhas com maravilhosas vistas do Mar Mediterrâneo. Não por acaso, recebeu o título de Patrimônio Mundial da Unesco.

A Unesco também determinou que os Montes Bíblicos "Tel", Megiddo, Hazor e Beersheba são testemunhos de intercâmbios culturais ao longo das principais rodovias antigas. Palácios e muralhas são grandes lembranças das civilizações antigas e mostram o poder da narrativa bíblica.

Mais informações: Trecho aéreo de Fortaleza a Tel Aviv é operado, com escala, pela KLM - Air France Preço médio (ida e volta) em junho de 2018: R$ 6.490

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.