Evento

Icapuí: Festival da Lagosta está de volta

Tradicional evento realizado nas praias de Barreiras e Redonda chega neste ano à décima segunda edição trazendo ao público atrações da culinária e da cultura cearense

Conhecida pela beleza de suas praias, Icapuí é terra também de produção de crustáceos ( Foto: JL Rosa )
00:00 · 14.06.2018 por Levi de Freitas - Editor Interino

As belezas das praias de Icapuí ganham um colorido alaranjado muito especial neste mês de junho. Considerada uma iguaria de luxo, a lagosta é protagonista mais uma vez do tradicional festival realizado no litoral Leste do Estado do Ceará.

O município cearense mais oriental, que faz divisa com o Estado do Rio Grande do Norte, distante cerca de 222 quilômetros de Fortaleza, é palco da décima segunda edição do Festival da Lagosta de Icapuí. Entre os dias 22 e 24 deste mês, serão várias atrações musicais animando as noites icapuienses.

Icapuí é um dos locais favoritos para quem quer aproveitar bons ventos para a prática de esportes aquáticos, como o kitesurf. Durante o dia, as praias são extremamente convidativas para aventuras sobre a prancha.

Mas a principal atração neste mês de junho é a lagosta. O crustáceo é estrela da cozinha cearense, além de bastante importante para a economia local. O Ceará, maior exportador de lagosta do País, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), comercializou 1,7 mil toneladas de crustáceos somente no ano passado. O pescado foi responsável por cerca de 80% do valor total do faturamento do Ceará entre os estados exportadores de crustáceos e peixes, ao somar US$ 43,3 milhões.

Programação

Nos dias 22 e 23 de junho, a programação cultural ocorrerá na Praia de Barreiras. Uma Arena Gastronômica será montada no centro, para receber uma grande variedade de receitas com lagosta. A abertura da Arena Gastronômica está agendada para as 19h. No primeiro dia, haverá shows com a cantora Daniella Campelo, que marcou época quando à frente da banda de forró Mastruz com Leite. Daniella apresentará clássicos de compositores nordestinos, como Fagner, Dominguinhos, Alceu Valença, Elba Ramalho, Ednardo, Belchior, Luiz Gonzaga e Geraldo Vandré.

Quem também promete animar o público no primeiro dia do festival é a banda fortalezense de brega style e romantismo Os Alfazemas. Eles levam o novo show, que contempla músicas inéditas e autorais, "TU!". Ainda haverá espaço para apresentações de talentos do próprio município.

No sábado, o guitarrista e produtor musical, Mimi Rocha, executará repertório de clássicos do rock das décadas de 70, 80 e 90, intercalado com arranjos de hits pop e reggaes atuais.

Já no domingo, dia 24, se despede com a realização da tradicional regata de jangadas, que acontece na praia de Redonda, ao som das bandas de reggae Katamar e Reldon Roots. E para encerrar a festa tem o show do grupo de forró pé de serra Cacimba de Aluá, a partir das 15 horas, com repertório popular nordestino.

Preço especial

Durante o evento, diversos pratos típicos da culinária cearense serão comercializados a um preço único e bastante convidativo: apenas R$ 15.

O objetivo é democratizar o acesso à principal iguaria da região, de acordo com o secretário do Grupo de Desenvolvimento do Turismo em Icapuí (GDTur), Geraldo Menezes.

"Além de divulgar a gastronomia e ampliar as oportunidades de abertura de canais de comercialização dos produtos expostos, nós consideramos o festival um evento fundamental para aumentar o fluxo de turistas e fortalecer o associativismo empresarial na região", afirmou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.