Cariri

Chapada do Araripe é opção de arte e cultura

Além de belezas naturais, região receberá shows de jazz e blues em evento gratuito, neste mês

Distrito de Arajara sediará o festival, que terá atrações locais e nacionais e entrada franca ( Fotos: Wilson Bernardo )
00:00 · 21.06.2018
O Cariri cearense dispõe de clima diversificado. O verde predomina, especialmente após as boas chuvas que o Estado registrou neste ano
Na região, a natureza pode ser explorada através de trilhas a pé ou de bicicleta, de forma que o destino se torna atrativo para todas as idades

Conhecido pela beleza das praias, o Ceará também conta com belas opções turísticas com clima mais ameno. A Chapada do Araripe, por exemplo, surge como alternativa oferecendo contato com a natureza e atrações artístico-culturais, no friozinho da serra, em pleno sertão.

Localizada ao sul do Estado, no Cariri, na divisa entre o Ceará e Pernambuco, a Chapada do Araripe é uma reserva ecológica que reúne fontes naturais, grutas e sítios paleontológicos.

Com clima diversificado, gastronomia regional, contato com a natureza, esportes e trilhas, os municípios situados na chapada são referência em cultura popular e eventos artísticos-musicais.

A região é avizinhada por Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. O triângulo, conhecido como "Crajubar", desponta no Estado e no País por um forte turismo religioso e histórico, com Padre Cícero e fósseis de peixes e de dinossauros voadores de 110 milhões de anos encontrados na Floresta Nacional do Araripe-Apodi.

Barbalha, no entanto, é o principal destaque da região neste mês de junho. A cidade é reconhecida pela glória arquitetônica e por uma das festas juninas mais tradicionais do Ceará: a festa de Santo Antônio ou festa do Pau da Bandeira. O ritual envolve fé e misticismo e dura 19 dias. Começa com a "Noite das Solteironas", no dia 26 de maio, e encerra com a quermesse, no dia 13 de junho, Dia de Santo Antônio.

Festival

Já de 29 de junho a 1º de julho, o distrito de Arajara, em Barbalha, sediará o primeiro Festival Arajara Jazz e Blues. Com entrada gratuita, terá shows com artistas de renome nacional. Uma das 12 atrações é o compositor e cantor Luiz Fidélis. O músico caririense compôs para vários artistas como Elba Ramalho, Dominguinhos, Fagner, Quinteto Violado e Frank Aguiar. Nos anos 90 fez parceria com a Banda Mastruz com Leite.

Quem também subirá ao palco é a banda Bluesin, que também é do Cariri e é inspirada nas origens do blues estadunidense e nos ícones do rock das décadas de 1970 a 1990.

Durante o Arajara Jazz e Blues, quem gosta de aventura com mountain bike ou fazer aquela caminhada, pode ainda aproveitar as trilhas da Floresta Nacional do Araripe.

Uma das melhores vistas é alcançada na Trilha do Mirante do Picoto de Arajara, de cerca de 8 quilômetros. Do topo é possível avistar cinco cidades, inclusive Juazeiro do Norte e a estátua de Padre Cícero.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.