destaque entre os destinos turísticos

Beberibe: aventuras no litoral

Pertinho da Capital, o município oferece atrações imperdíveis ao longo de nove praias, onde dunas e falésias formam cenários dignos de cartão-postal

00:00 · 09.08.2018 por Marlyana Lima - Editora
beberibe
De frente para o mar de Uruaú,a diversão fica por conta da lagoa,onde as redes armadas dentro d’água balançam no ritmo das marés ( FOTO: NATINHO RODRIGUES )
 Praia das Fontes
Uma das mais famosas da Rota das Falésias, a Praia das Fontes é muito procurada por turistas que viajam em família. Além da beleza natural, a infraestrutura hoteleira garante aos turistas uma temporada de descanso perfeita ( Foto: NATINHO RODRIGUES )
 Praia das Fontes
Em Morro Branco fica a entrada para o Labirinto das Falésias. A caminhada revela paisagens esculpidas naturalmente nos paredões de areia. Do alto, pode-se apreciar a imensidão dos verdes mares do litoral cearense ( Foto: jade Queiroz/MTur )
Parajuru
Menos badalada, Parajuru é perfeita para quem gosta de praias mais desertas. Com espaçosa faixa de areia, tem mar agitado que é muito apreciado por quem gosta de pescar ( Foto: Jade Queiroz/MTur )

Partindo de Fortaleza, leva-se pouco mais de uma hora para se chegar de carro - pela CE-040 - até Beberibe, município que vem ganhando cada vez mais destaque entre os destinos turísticos do Nordeste, graças às suas praias emolduradas por dunas e falésias de onde brotam fontes de água doce, num espetáculo permanente da natureza. Some-se a isso a hospitalidade dos moradores e a gastronomia tipicamente praiana com preços acessíveis.

> Conforto e praticidade na Praia das Fontes
 
Ao todo são nove as praias de relevo singular que se estendem no trecho entre os rios Choró e Piranji e integram a Rota das Falésias. Aventura e diversão não faltam. Começando pelos passeios de buggy ou a cavalo e os voos de parapente e ultraleves (com direito a fotos panorâmicas). Quem gosta de ficar na água, pode aproveitar as piscinas naturais para relaxar ou experimentar para fazer uma aula de kite ou surfe.

Fazendo divisa com Barra Nova, em Cascavel, Morro Branco é uma das mais famosas - e também a praia mais agitada do litoral de Beberibe. Tem um centro comercial desenvolvido e boa estrutura hoteleira, com pousadas e hotéis que atendem desde mochileiros até turistas mais exigentes.

Pé na areia

Na Pousada Ocas do Índio, por exemplo, é possível acrescentar à estadia sessões de massagens terapêuticas e vivências holísticas no Spa, bem como experiências gastronômicas baseadas nas culinárias indígena e regional. Tudo isso, de frente para o mar, no melhor estilo pé na areia.

Mas, seja qual for o estilo do visitante, a melhor forma de explorar o território das falésias é contratando um passeio de buggy. A Associação dos Bugueiros de Beberibe tem profissionais capacitados que acompanham os visitantes aos principais pontos turísticos do município, incluindo a caminhada no "labirinto" natural do Parque Nacional das Falésias, unidade de conservação protegida por lei. O preço depende da extensão do trajeto que pode ser combinado antecipadamente. Em média, o passeio de 1h30 custa R$ 60 por pessoa.

Logo após Morro Branco, chega-se à Praia das Fontes, onde grutas e falésias (de onde brota água doce) compõem o cenário perfeito para uma caminhada de exploração com direito ao banho de mar. Também pode-se passear a cavalo e curtir a emoção em um voo de ultraleve que custa, em média, R$ 120 por pessoa.

A Praia do Diogo é a próxima parada. Por lá, as dunas, falésias e pequenos riachos de água doce se destacam na ampla faixa de praia que é pouco frequentada pelos turistas.

Paraíso do kite

Em Uruaú, o cenário ganha o colorido das pipas do kite e pranchas de surfe. A área é muito frequentada por quem aprecia esportes náuticos. Além do mar, é possível aproveitar os bons ventos que sopram na Lagoa. Também há hotéis e pousadas que oferecem aulas e alugam equipamentos para esportistas do Brasil e exterior que chegam atraídos pela fama da região.

A Lagoa de Uruaú também é popular entre a "tribo" dos que preferem sombra e água fresca. As barracas que ficam à margem do manancial oferecem iguarias e bebidas que podem ser apreciadas nas redes que ficam literalmente dentro d'água, aproveitando o sobe e desce das marés.

Gastronomia

Mais rústica e igualmente bela, a Barra da Sucatinga já foi cenário de novela e reality show. Por ser uma vila de pescadores, os restaurantes de lá servem pratos à base de lagosta, camarão e arraia com preços pra lá de convidativos. Mesmo que só esteja de passagem pela praia, vale a pena provar o cardápio da Barraca O Belarmino.

Se quiser ficar mais tempo, uma boa dica é aproveitar o charme e conforto da Pousada No Limite que tem estrutura com piscina e um pequeno lounge ideal para um fim de tarde romântico.

Menos conhecidas e praticamente desertas, as praias de Ariós e Paraíso são um convite à contemplação da natureza. Aqui, dunas e águas mansas dominam a cena.

A Prainha do Canto Verde também pode ser definida como uma pacata vila de pescadores que permanece preservada. Pouco explorada, é sede do Fórum dos Pescadores do Litoral Leste.

Aliás, para quem pensa em pescar, a Praia do Parajuru é ideal por conta das ondas mais fortes. E por falar nisso, por trás das falésias fica a pequena vila que, além de acolhedora é rica em artesanato feito com as famosas areias coloridas.

Saiba mais

Passeios de Buggy

• Associação dos Bugueiros de Beberibe - ABB Turismo

Fone: (85) 99626-7832

facebook.com/abbturismobeberibemorrobranco

Onde ficar

• Pousada Ocas do Índio
  Morro Branco

Fone: (85) 99858-8460

www.ocasdoindio.com.br

• Hotel Boutique Zebra Beach
   Uruaú

(85) 99998-4537

hotelboutiquezebrabeach.com.br

• Pousada No Limite
 Barra de Sucatinga

Fone: (85) 99804-1368
facebook.com/nolimitepousada

Onde comer

• Barraca O Belarmino
  Barra de Sucatinga

Fone: (85) 99631-2587
facebook.com/pages/barraca-o-belarmino

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.