chamadas de voz

Padres já fazem exorcismo pelo celular

Segundo foi dito durante uma conferência realizada no Vaticano, em Roma, a demanda por exorcismos está crescendo como resultado de um declínio na fé cristã e da Internet fornecendo acesso fácil à magia negra, ao ocultismo e ao satanismo

Os aspirantes a exorcistas participam de um curso de expulsão de demônios, inclusive por telefone celular, se necessário ( Foto: Darius Lebok / Pixabay )
09:16 · 17.04.2018

O trabalho remoto chegou à Igreja Católica. Cerca de 200 aspirantes a exorcistas se reuniram, nesta segunda-feira (16), para um curso de uma semana em expulsão de demônios (inclusive por telefone celular, se necessário) em meio ao aumento da demanda pelo serviço entre os católicos romanos. Segundo foi dito na conferência realizada no Vaticano, em Roma, a demanda por exorcismos está crescendo como resultado de um declínio na fé cristã e da Internet fornecendo acesso fácil à magia negra, ao ocultismo e ao satanismo

Os participantes, muitos deles sacerdotes, participarão de conversas e palestras sobre uma variedade de tópicos, incluindo bruxaria na África, como distinguir entre possessão demoníaca e doença mental e um guia passo-a-passo para expulsar demônios.

O cardeal Ernest Simoni, 89, da Albânia, despertou grande interesse na primeira sessão citando o uso de celulares em exorcismos. “Há padres que realizam exorcismos em seus telefones celulares. Isso é possível graças a Jesus”, disse o bispo que  foi torturado e encarcerado pelas autoridades comunistas, mas que após sua libertação realizou frequentes exorcismos. 

"Eles me ligam e nós falamos e é assim que eu faço", disse explicando como lê as orações de exorcismo em latim por telefone para expulsar os demônios, da mesma forma que faria pessoalmente. Embora não haja números oficiais disponíveis, autoridades da Igreja Católica dizem que o número de posses demoníacas tem crescido. 

Aumento

 "O número de exorcismos definitivamente aumentou ao longo dos anos, à medida que os pedidos de exorcismos aumentaram", disse o professor Giuseppe Ferrari, organizador do "Curso de Exorcismo e Oração da Libertação" no Pontifical Regina Apostolorum, aprovado pelo Vaticano. Universidade em Roma. Ele acrescentou ainda que o curso é útil porque prepara os sacerdotes que realizam exorcismos para uma visão completa e multidisciplinar da situação.

Também participam da conferência diversos estudantes, que incluem várias dezenas de mulheres. Estes receberão um certificado de exorcistas auxiliares, significando que eles podem estar presentes no rito, orar e dar apoio moral ao sacerdote expulsando o demônio. O professor Ferrari alerta que isso não lhes daria o direito de expulsar demônios e explica que apenas padres podem realizar exorcismos e somente com a permissão do bispo ou uma licença.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.