entretenimento

Netflix, Apple e Amazon estão entre as marcas que mais crescem no mundo

O serviço de streaming se destaca por seu crescimento de US$ 20,8 bilhões em valor de marca apenas no último ano

Impulsionada pelo mercado, a Netflix pode personalizar o serviço para os seus 125 milhões de assinantes ( Foto: Kléber A. Gonçalves )
09:20 · 30.07.2018 / atualizado às 09:37

A popularização de serviços de streaming e downloads digitais tem ocasionado um crescimento das empresas que produzem e distribuem produtos de entretenimento. O ranking BrandZTM Top 100 Most Valuable Global Brands da WPP e Kantar, que avalia o aumento no valor das marcas do setor de telecomunicações, registrou um crescimento recorde em todas as empresas do ramo no último ano. Entre elas, se destacam Netflix, Amazon e Apple, que passaram a disputar frente a frente com provedores de telecomunicação tradicionais, como BT e AT&T, pela atenção do público.

A Netflix se destaca no ranking devido ao seu crescimento no último ano, em que teve o aumento de US$ 20,8 bilhões em valor de marca, uma alta de 73%, e subindo 31 posições no ranking BrandZ Global. Impulsionada por dados de consumo, a Netflix pode personalizar seu serviço para sua lista de recém alcançados 125 milhões de assinantes, oferecendo experiência de marca, conveniência e conteúdo de qualidade.

Com o crescimento do acesso a entretenimento pela internet em todo o mundo, a Netflix decidiu investir US$ 8 bilhões em programação original, incluindo 30 produções em idiomas locais em países em todo o mundo.

De acordo com Eduardo Tomiya, CEO da Kantar Consulting para América Latina, “os serviços Over-The-Top são uma mudança de panorama, pois as redes de TV e as plataformas de vídeo on-line competem por participação de mercado. Para as marcas que seguem  em categorias de crescimento lento, como as de telecomunicações, a única solução foi derrubar as paredes das categorias tradicionais”.

Confira o ranking  BrandZ Global das marcas mais valiosas entre as que apresentaram maior crescimento no último ano:

 Netflix, Apple e Amazon estão entre as marcas de entretenimento que mais crescem no mundo 

Mesmo as marcas mais tradicionais buscam alternativas para tornarem-se competitivas neste novo cenário. A fornecedora de telecomunicações AT&T aguarda uma decisão final de um tribunal distrital dos EUA sobre a proposta de fusão de US$ 85,4 bilhões com a Time Warner, que permitiria competir diretamente com outros players, como a Disney e a Netflix.

O YouTube cresceu 37% em valor de marca, chegando a US$ 23 bilhões, e atrai mais de 1,5 bilhão de usuários. Recentemente, firmou uma parceria com a Ticketmaster para fornecer aos usuários informações sobre ingresso e passeios diretamente nos canais de seus artistas favoritos. Enquanto isso o YouTube TV, um novo serviço OTT, se tornará em espaço exclusivo do LAFC, canal de streaming para jogos. A empresa continua a inovar com o desenvolvimento do YouTube Go, uma versão móvel da plataforma projetada para ser usada em países emergentes, que não têm uma conexão de internet confiável.

Os líderes do ranking, Google e Apple, também continuam investindo no desenvolvimento do setor de entretenimento, oferecendo serviços de streaming de música para competir com  Spotify e Amazon Music. A Apple Music fornece aos consumidores um serviço de streaming de música, uma estação de rádio ao vivo e um local para os fãs se conectarem com seus artistas favoritos. Enquanto isso, o Google lançou o YouTube Music, substituindo o Google Play Music, comprovando sua capacidade de sucesso e plataforma de música sob demanda.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.