Otimização

Google News é atualizado para poupar a memória dos celulares

O aplicativo foi adaptado para se adequar a conexões mais leves, com menor uso de dados

09:18 · 11.09.2018 / atualizado às 11:59
Google News
No Brasil, mais de 40% dos usuários têm celulares com pouca memória, o que, segundo o Google, faz com que esses novos recursos sejam especialmente relevantes. (Foto: Divulgação; Google)

Quatro recursos principais do aplicativo Google News foram disponibilizados a partir desta segunda-feira (10) para usuários que usam uma conexão mais lenta. O objetivo da empresa é garantir que o app funcione independentemente do celular ou plano de operadora do usuário.

No Brasil, mais de 40% dos usuários têm celulares com pouca memória, o que, segundo o Google, faz com que esses novos recursos sejam especialmente relevantes. 

Agora, quando possível, os vídeos no app vão abrir no YouTube Go, garantindo que os vídeos carreguem em um formato mais leve, ainda com uma boa resolução. Os vídeos não vão mais começar automaticamente, poupando dados de internet.

Noticiários e prévias de uma história serão adaptados para se tornarem mais textuais, também com o objetivo de poupar dados. Já as imagens são comprimidas e podem ser carregadas com apenas um toque. Gifs também não vão carregar automaticamente, e menos dados em cache serão salvos em seu celular.

Além disso, qualquer notícia pode ser salva para mais tarde, quando estiver em modo off-line de maneira fácil. O conteúdo será baixado em uma conexão wi-fi para ler depois.

Não será preciso configurar nada ou checar alguma opção específica, uma vez que os recursos do Google News serão ativados automaticamente. A atualização será lançada gradativamente para usuários do mundo inteiro ao longo das próximas semanas.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.