em 48 horas

Golpe que usa nome do aplicativo iFood faz mais de 86 mil vítimas

O ciberataque oferece cupom desconto no valor de R$ 100; ameaça tem se espalhado rapidamente por meio de mensagens de WhatsApp

13:05 · 23.08.2018 / atualizado às 13:41
Golpe envolvendo aplicativo iFood faz mais de 86 mil vítimas
( Foto: Reprodução )
Golpe envolvendo aplicativo iFood faz mais de 86 mil vítimas
Os cibercriminosos se aproveitam da credibilidade da marca, forjando que o iFood estaria fazendo aniversário e por isso estaria realizando a suposta promoção ( Foto: Reprodução )

Um novo golpe circulando pelo WhatsApp oferece cupons de R$ 100 para serem utilizados no aplicativo iFood. O dfndr lab, laboratório da PSafe especializado em cibersegurança, identificou, até agora, mais de 86 mil ciberataques nas últimas 48 horas. Os cibercriminosos se aproveitam da credibilidade da marca, forjando que a empresa estaria fazendo aniversário e por isso estaria realizando a suposta promoção. 

Ao clicar no link, o usuário acessa uma página na qual há uma pesquisa que precisa ser respondida antes do acesso ao cupom. São as seguintes três perguntas: “Conhece o funcionamento do iFood?”; “Possui o aplicativo instalado no seu smartphone?”; “Indicaria o iFood para amigos e familiares?”.

Independentemente das respostas, o usuário é direcionado para uma página na qual é incentivado a compartilhar com todos os amigos ou grupos do WhatsApp. O texto afirma que após o compartilhamento o usuário será redirecionado para autenticar o cupom e receberá uma confirmação por sms. Ao final, há ainda uma falsa seção de comentários com pessoas que teriam conseguido o suposto benefício.

“Utilizar marcas famosas e reconhecidas no mercado é uma das principais estratégias dos cibercriminosos. Essa é uma forma de passar a ideia de que pode ser mesmo algo verdadeiro. Além disso, a estratégia de solicitar o compartilhamento via aplicativo de mensagem é perfeita para que o golpe se espalhe rapidamente. Por isso é muito importante que as pessoas estejam atentas ao que recebem via aplicativos de mensagens, independentemente de quem enviou e da marca em questão.”, comenta Emilio Simoni, diretor do dfndr lab.

Para não cair em ameaças como essa, o especialista afirma que é preciso adotar medidas de segurança, como sempre checar se o link é verdadeiro ou não e sempre desconfiar de mensagens que pedem para realizar o compartilhamento com amigos para ganhar alguma coisa.

Confira a nota de esclarecimento do iFood:

O iFood esclarece que a mensagem que está sendo disseminada pelas redes sociais oferecendo um cupom de R$ 100 é falsa. A empresa recomenda que os usuários ignorem a mensagem, que pode conter vírus, e reforça que os únicos canais de comunicação oficiais com os clientes são por meio da plataforma (push), e-mails, site oficial e WhatsApp business, identificado com o selo verde de conta verificada nas informações de contato. O iFood – líder de delivery de comida online – tem como propósito tornar a alimentação mais prática e prazerosa, e um de seus principais valores é o cliente. A empresa está apurando o caso internamente e vai tomar as medidas cabíveis. A companhia reforça que a transparência e o respeito aos seus clientes e funcionários estão em suas prioridades e se coloca à disposição para qualquer dúvida adicional.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.