INFRAÇÕES GRAVES

Facebook é multado em R$ 4,5 milhões por desrespeito à proteção de dados, na Espanha

Rede social foi condenada por compilar informações dos usuários sem consentimento expresso, como exige norma do país

O Facebook tem dois meses para recorrer contra a multa. ( Reprodução )
10:08 · 11.09.2017 / atualizado às 10:29

A rede social americana Facebook terá que pagar multa de 1,2 milhão de euros, cerca de 4.464 milhões de reais, na Espanha por obter dados sem o consentimento dos usuários e não informar claramente o uso que dá às informações, anunciou a Agência Espanhola de Proteção de Dados (AEPD).

"A agência declara a existência de duas infrações graves e uma muito grave da Lei de Proteção de Dados e impõe ao Facebook uma multa total de 1,2 milhão de euros" (1,4 milhão de dólares), afirma um comunicado da AEPD.

O Facebook tem dois meses para recorrer contra a multa.

Após uma investigação, a agência constatou "que o Facebook compila dados sobre ideologia, sexo, crenças religiosas, gostos pessoais ou navegação sem informar de forma clara sobre o uso e a finalidade que vai dar aos mesmos".

A rede social usa dados "especialmente protegidos com fins de publicidade (...) sem obter o consentimento expresso dos usuários como exige a norma de proteção de dados".

Além disso, utiliza dados obtidos em páginas de terceiros "que não são do Facebook e que contêm a opção 'curtir'", destacou a agência.

Por último, a rede não elimina os dados dos usuários quando deixam de ser úteis, nem sequer quando solicitam explicitamente sua eliminação, segundo a AEPD. As informações são da Agência France-Presse.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.