Cautela

Estudo revela desatenção dos brasileiros ao baixar aplicativos

Quase metade dos usuários ignora o contrato de licença do WhatsApp, que foi o exemplo em foco na pesquisa

14:51 · 24.08.2018 / atualizado às 15:38
Celular
No Brasil, 15% dos consumidores não leem as mensagens de instalação dos aplicativos. (Foto: Cid Barbosa)

Quase 40% dos consumidores brasileiros não dão atenção ao contrato de licença do WhatsApp ao instalá-lo em seus celulares. O dado foi divulgado pela empresa Kaspersky Lab nesta quinta-feira (23), após um estudo feito para atestar a segurança no momento do download de aplicativos.

A pesquisa mostrou que uma parte significativa dos usuários de smartphones brasileiros instalam ferramentas em seus dispositivos sem entender quais são as possíveis consequências desse ato. No Brasil, 15% dos consumidores não leem as mensagens de instalação desses programas.

A empresa adverte que os clientes devem estar atentos aos aplicativos que estão disponíveis nas lojas oficiais, como a App Store e o Google Play. Caso o aplicativo não esteja lá, mas encontre-se disponível em outro lugar, é recomendado que o download não seja feito.

Dicas para download com segurança

No caso do WhatsApp, que foi o foco da pesquisa, a ferramenta só pode ser baixada nas lojas oficiais em suas duas versões: WhatsApp e WhatsApp Business. Apesar de uma modificação do aplicativo ter se popularizado por oferecer “novas funcionalidades e instalação simples”, não há registro da mesma na loja oficial do Google. Intitulada “GBWhatsApp”, a plataforma tem seu link original de download em um site de origem árabe, que não apresenta qualquer certificação de segurança.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.