projetos

Carros voadores são desenvolvidos por diversas empresas; conheça as pesquisas

A companhia Lilium investiu US$ 90 milhões em seu carro. Uber e Airbus também estão desenvolvendo seus veículos

09:32 · 11.09.2017 / atualizado às 10:11
Carros voadores da Lilium ( Foto: Lilium )

Protótipos de carros voadores já estão sendo desenvolvidos e passando por testes, segundo o jornal The Guardian.

A fabricante Lilium garantiu US$ 90 milhões de investimento com o objetivo de criar os carros voadores. "Temos cidades altamente congestionadas e podemos fazer coisas para melhorar essas questões. Estamos tentando mudar de um veículo de transporte de nicho para um transporte de massa", disse Remo Gerber, representante da companhia.

A fabricante afirmou que o veículo poderá fazer um teste tripulado em 2019. O táxi aéreo terá com capacidade para cinco lugares e velocidade máxima de 300 km/h. 

Outras empresas também desenvolvem seus véiculos voadores, como a Terrafugia, em testes desde 2006 e que pode ser pré-encomendado por US$ 300 mil. 

Já o Kitty Hawk é apoiado pelo cofundador do Google, Larry Page. O carro pode ser usado para uso recreativo e a versão para o mercado estará disponível até o fim de 2017. 

A Uber também entrou para o segmento e contratou um pesquisador da Nasa para desenvolver o carro. A empresa planeja levar os clientes na Elevate, apesar da viabilidade encontrar algumas barreiras, como bateria e infraestrutura. 

A Airbus estreou seu carro em Genebra em março deste ano. O Pop.Up consiste em uma cápsula de passageiro de fibra de carbono que funciona como um carro elétrico de dois lugares quando conectado a um chassi. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.