para ios e android

Aplicativo gratuito ajuda usuários a descobrir fontes usando a câmera do smartphone

Além de descobrir qual fonte foi usada, o WhatTheFont ainda exibe uma pequena caixa de texto para que o usuário teste a fonte recém-descoberta

08:48 · 02.01.2018
WhatTheFont
Caso não encontre a exata fonte, ele mostra resultados aproximados ( Imagem: divulgação )

Praticamente todo usuário de smartphone conhece o Shazam, aplicativo que serve para identificar músicas. A solução pode ser de extrema ajuda para quem trabalha na indústria fonográfica por exemplo, que precisa estar por dentro do que está sendo tocado no mundo. Mas outro app tem facilitado muito a vida de outros profissionais, como os da comunicação e do design. Quem se deparar com uma fonte tipográfica e não souber seu nome, basta usar o aplicativo gratuito WhatTheFont para descobrir na hora qual fonte foi usada em uma determinada imagem. 

Usando a câmera do aparelho, o aplicativo, que está diponível para dispositivos rodando iOS ou smartphones com Android, envia uma cópia da imagem para os seus servidores. Uma vez lá, em alguns segundos a imagem é convertida em letras e números usando um algoritmo de reconhecimento de caracteres (OCR, optical character recognition). De posse dos caracteres usados, o aplicativo passa esses por sua extensa base de dados para procurar combinações. Caso não encontre a exata fonte, ele mostra resultados aproximados

Com o resultado, o aplicativo exibe a parte da foto tirada junto da fonte encontrada. Logo abaixo, uma caixa de texto permite o usuário escrever palavras para testar se a fonte se enciaxa no que ele pensou, facilitando muito o trabalho de um designer por exemplo, já que ele não precisa procurar, baixar e instalar a fonte em seu computador para averiguar se a mesma vai servir para o que ele deseja. É importante deixar claro que o aplicativo não faz o download da fonte, apenas descobre o seu nome ou o nome de fontes parecidas. 

Computador 

O sistema também está disponível em computadores, mas diferente dos smartphones, nele é necessário fazer o upload de uma imagem JPEG (ou enviar o link de uma imagem) com os caracteres a serem "descobertos". Por outro lado, a vantagem do site da empresa, é que o usuário pode localizar as fontes e comprá-las, algo não disponível no smartphone.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.