Coluna

Na Rede: Dólar x tecnologia

00:00 · 02.07.2018

Com a moeda dos EUA lá no alto e nosso Real desvalorizado, fica complicado importar ou até mesmo comprar in loco produtos de tecnologia. Pensando em viajar e trazer eletrônicos? Tem que ser algo que vá valer muito a pena para desembolsar vários dólares. Imagina aí que US$ 1, no fechamento desta coluna, valia R$ 3,93. Então é bom fazer as contas. Como sempre, os produtos da Apple, mesmo com dólar nas alturas, seguem valendo mais a pena comprar lá fora. O top da Samsung, o S9, também, apesar de garantia mundial não ser muito o forte dos sul-coreanos, ao contrário da Apple que dá assistência aos seus produtos aqui no Brasil mesmo eles tendo sido comprados fora. Fones de ouvido de boa qualidade e relógios inteligentes, os smartwatches, também são mais em conta fora do Brasil. O Nintendo Switch também é menos caro fora do nosso País, pois aqui só chega importado e, claro, quem traz quer ganhar seu lucro também - muito justo. Games para o console da Nintendo também são mais baratos nos EUA, por exemplo. O segredo é pesquisar os preços no Brasil e verificar, durante sua viagem, se compensa item por item. Não se empolgue demais e nem feche o bolso.

 

Amazon

Esfriaram os rumores de que a gigante Amazon estaria trazendo sua operação total para o Brasil. A empresa começou vendendo livros, ebooks e Kindles (leitores de livros digitais) e, por último, lançou o marketplace, onde parceiros vendem através da página da loja virtual. Será que nunca ela estará completa aqui? Uma pena!

 

 

Bom

Se tivéssemos...

Com a Amazon aqui, poderíamos ter uma guerra de preços e talvez um frete mais justo para os brasileiros, especialmente nós que moramos no NE. Não acredito tanto em preço muito baixo.

 

 

Ruim

Mas...

E não creio em preços tão baixos, pois há muitos impostos para pagar e não falo só nos que os produtos trazem. Então, mesmo que um dia a operação total chegue, não acredito em milagre.

Barbie 

A Mattel lançou uma nova Barbie. A empresa agora disponibiliza a versão engenheira robótica da boneca e tem como intuito incentivar crianças a partir dos sete anos a aprender habilidades reais de programação, graças a parcerias com a plataforma de computação de jogos infantis Tynker. A Barbie está à venda no por US$13.

Amazon na ponta

Ranking liberado na semana que passou mostra a Amazon à frente de Apple e Google na lista de empresas americanas mais valiosas no setor de tecnologia. Microsoft e IBM fecham o top 5. A gigante do comércio eletrônico só cresce, só tem lucro e investe pesado em setores diversos para abranger ainda mais seus domínios. Tem fim isso?

 

Hackers: criptomoedas são novo alvo

Os hackers ampliaram suas operações de cryptojacking e outros esquemas de mineração de criptomoedas, em que os criminosos sequestram os navegadores das vítimas ou infectam seus sistemas para usá-los secretamente com a finalidade de minerar criptomoedas legítimas, como Bitcoin. Essa categoria de malwares mineradores de moedas teve um impressionante crescimento de 629% no 1º trimestre de 2018, disparando de aproximadamente 400 mil amostras totais conhecidas no 4º trimestre de 2017 para mais de 2,9 milhões no trimestre seguinte. Os dados são da McAfee. Mais detalhes aqui: https://bit.ly/2IycYiH .

Novidades

O Instagram liberou atualizações como chamadas de vídeo e filtros de realidade aumentada para os usuários. As novidades tinham sido anunciadas em maio, mas só agora ficaram disponíveis para Android e iOS. Basta abrir o Direct, começar uma conversa e o ícone de câmera estará no canto superior direito do aparelho.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.