Recordista

Quarterback mais vitorioso da história, Tom Brady terá sua história contada em filme e livro, depois da vitória surpreendente de seu time no Super Bowl

00:00 · 25.02.2017

O americano Tom Brady é realmente um homem de causar inveja a qualquer um. Ele é o quarterback (posição ofensiva do futebol americano) mais vitorioso da história; marido da top model brasileira Gisele Bündchen; considerado uma lenda da NFL (principal liga de futebol americano dos Estados Unidos) por ser o único a ter ganho cinco títulos; e agora terá um livro e um filme contando sua história. Tudo isso com apenas 39 anos de idade.

Fez história

A ideia de criar um filme e um livro, encabeçada pelos roteiristas Paul Tamasy e Eric Johnson - indicados ao Oscar pelo filme 'O Vencedor' (2010) - contando a história de Brady veio depois da impressionante vitória do New England Patriots, time no qual Tom Brady joga, na partida do campeonato da NFL que decidiu o campeão da temporada, o Super Bowl 51, que aconteceu no início do mês.

O título foi inesquecível principalmente por ser julgado como praticamente impossível de ser conquistado durante o maior tempo da disputa. O jogo, que tem quatro quartos de 15 minutos, parecia ter um resultado óbvio, já que o time rival, Atlanta Falcons, vencia por 28 a 3 o New England Patriots. Tanto que o principal jornal de Massachusetts, o Boston Globe, chegou a publicar em sua primeira edição do dia seguinte uma foto de Brady de joelhos no campo, ilustrando a manchete "Um fim amargo".

Porém, no último quarto, aconteceu o inesperado. Com uma atuação impecável de Brady, o time dele empatou o jogo faltando menos de um minuto para o fim, o que levou - pela primeira vez - o Super Bowl para uma prorrogação. O New England Patriots levou o título e Brady foi eleito o melhor jogador da partida.

O atleta dedicou a vitória à sua mãe, que luta há mais de um ano contra o câncer e mesmo assim foi assistir à final tão esperada. A esposa Gisele também vibrou muito e comemorou no seu Instagram. "Coisas maravilhosas acontecem para aqueles que trabalham duro, com foco, dedicação incansável, e que nunca deixam de acreditar. Para sempre grata por este momento. Parabéns meu amor!!", postou.

Brady também usou a mesma rede social para celebrar o momento, com uma foto ao lado de Gisele e dos filhos Benjamin e Vivian Lake e a legenda "Meu tudo".

Os bastidores desses e de outros momentos marcantes para Tom serão registrados no filme e no livro, ambos sem data da lançamento. Mas nem só de conquistas serão feitas as produções. Polêmicas e dificuldades também serão exploradas no filme, como o episódio "Deflategate", de 2014, em que Brady foi suspenso durante quatro jogos por ter sido suspeito de modificar o nível de ar em bolas de futebol para favorecer o seu time.

Fundação TB12

Tom Brady também tem um trabalho social, a Fundação TB12, em Boston, organização sem fins lucrativos dedicada a maximizar o potencial de jovens atletas norte-americanos amadores, com acesso gratuito a serviços de reabilitação pós-lesão.

"Nosso método TB12 foi projetado para sustentar o desempenho máximo e é a razão pela qual eu tenho sido capaz de jogar em um nível elevado ao longo da minha carreira atlética. É um método abrangente e personalizado que promove a recuperação acelerada de lesões e a longevidade do desempenho de uma maneira holística e orientada para a prevenção", diz Tom no site da fundação.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.