Rodrigo Hilbert

Dons ou ofícios?

As qualidades e o talento frequentemente elogiados fizeram de Rodrigo Hilbert uma espécie de homem-modelo, mas ele recusa esse título

00:00 · 18.11.2017

Não são todos que concordam, mas os frequentes elogios feitos a Rodrigo Hilbert pela mídia e pelo público têm suas justificativas. O ator, modelo e cozinheiro coleciona qualidades e talentos que renderam o apelido de "homão da porra", frequentemente atrelado à imagem dele.

O suspiro das mulheres e o desdém de alguns homens são prova de que Rodrigo, de fato, tem muitos atributos. Isso nem mesmo é discutível: ele os tem, ponto. A grande questão - e esta, sim, deveria incomodar - é: por que tamanha exaltação dessas qualidades?

A resposta é tão simples quanto dura. As mulheres não estão acostumadas a "homões" assim. Os calos e cicatrizes na história feminina são muitos, e eles justificam toda a reação exagerada relativa a Rodrigo. Sejamos honestos: com que frequência mulheres que têm dupla jornada e cuidam dos filhos (muitas vezes sozinhas) são tão enaltecidas? Vale a reflexão.

Essa alcunha de "homão da porra", Rodrigo fez questão de recusar em entrevista cedida ao canal GNT. Dentre as vastas qualidades, a sensatez de se reconhecer como um homem normal - e não um super-herói - talvez seja a maior delas. "Ser elogiado por cuidar dos filhos, da casa, dividir as tarefas com a sua esposa... Isso eu acho que é a obrigação de todos os homens. É o mínimo que um homem deve fazer", disparou.

Trajetória

Rodrigo Hilbert nasceu em 1980, na cidade de Orleans, em Santa Catarina. Antes de trilhar a carreira sob os holofotes, ele foi ferreiro na oficina do avô, e pensava em estudar Informática e Agronomia.

O primeiro papel na televisão se deu em 2002, com o personagem Pablo na novela "Desejos de Mulher". Desde então, participou de novelas como "América" (2005), "Pé Na Jaca" (2006) - na qual atuou com a atual esposa Fernanda Lima -, "Duas Caras" (2007), "Viver a Vida" (2009) e "Fina Estampa" (2011). Atualmente, ele apresenta, no GNT, o "Tempero de Família", programa culinário no qual ele compartilha e reproduz receitas.

Rodrigo é casado com a atriz, apresentadora e modelo Fernanda Lima desde 2002. O casal já passou, inclusive, por uma separação que parece ter apenas fortalecido a relação. Eles são pais dos gêmeos João e Francisco, de 9 anos.

O que bem resume Rodrigo Hilbert, no fim das contas, são todas as qualidades que inúmeras mulheres já possuem, embora não sejam reconhecidas com a mesma intensidade. Fica também a torcida para que essa postura de Rodrigo mude a visão acerca do papel das mulheres, até porque não é difícil encontrar um "mulherão" por aí.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.