coluna

Márcia Travessoni: News

Márcia Travessoni (Gente)

marcia.travessoni@diariodonordeste.com.br

00:00 · 09.12.2017

Além de garantir no menu de sua Cavalieri o drink à base de gin - que é o grande sucesso no momento -, Felipe Rocha, na foto ao lado com a esposa Paulinha Sampaio, preparou várias novidades para o Natal da confraria. Entre elas estão os kits personalizáveis com vinho, whisky, panetone, espumantes, chocolates e castanhas.

Jornada

A Unifor recebe, de 11 a 13 deste mês, a IV Jornada Cearense de Atendimento Pré e Hospitalar, organizada pela Cooperativa de Atendimento Pré-Hospitalar (COAPH). O evento contará com a presença de renomados palestrantes, entre eles, profissionais do Grupo de Resgate e Atendimento a Urgências (Grau) de São Paulo e da urgência e emergência do Estado do Ceará.

Beneficente

Acontece neste sábado o tradicional leilão filantrópico da campanha Amigos em Ação, com obras de diversos artistas plásticos cearenses. A iniciativa visa arrecadar recursos para os trabalhos sociais desenvolvidos pelo grupo de amigos, e complementa a arrecadação de alimentos que também caracteriza a campanha. O pregão acontece a partir do meio-dia, no Gran Marquise. /// O complexo Truckville promove, neste sábado e domingo, a partir das 17h, o I Bazar Faz Bem, cuja renda será revertida para os projetos da Associação Fortaleza Azul.

Bastidores

Socorro e Olavo Moreira reúnem a família, domingo, para almoço comemorativo pela nova idade dele. O encontro terá a presença do mais novo xodó do casal: o bisneto Rodrigo, que é neto de Cláudio e Wayne Moreira. ///São aniversariantes deste fim de semana Gonzaga Mota, Hipólito Monte, Daniela Gentil, Olavo Moreira, Danielle Franco e Madeline Girão.

Lançamento

À frente de uma empresa de consultoria que, entre outras atuações, orienta a sucessão familiar de grandes empresas, o professor José Ernesto Bologna lançou, em Fortaleza, o livro "O deputado ou o cinismo", na Livraria Cultura.

Novos motores

Junto dos filhos Lúcio Salazar e Camila Moreira, Odilon Peixoto reuniu um time de pessoas apaixonadas por design, tecnologia e motores potentes para apresentar o Range Rover Velar, novo SUV disponível na Extrema, que trouxe novos comandos na direção, por meio de um sistema que deixa a experiência de dirigir ainda mais prazerosa. O coquetel para convidados aconteceu na Galeria Mariana Furlani de Arte Contemporânea. Até o fim do ano, a cidade deve ganhar mais uma loja da Extrema, que será instalada na Av. Santos Dumont.

Image-1-Artigo-2333679-1

Aderaldo Silva, Odilon Peixoto e Lúcio Carneiro

Clarissa Salazar, Fernanda Peixoto, Lia Linhares, Daniela Barreira, Mariana Rolim e Maira Silva

Compartilhei o momento com Clarissa Salazar, Fernanda Peixoto, Lia Linhares, Daniela Barreira, Mariana Rolim e Maira Silva

Image-0-Artigo-2333679-1

Camila Moreira

Destaque

José Ernesto Bologna

O Grupo Arezzo é um dos cases de sucesso orientados por José Ernesto Bologna

Lirismo

Image-0-Artigo-2334021-1

Você começou os estudos para ser padre, mas desistiu desse ofício. Como foi essa mudança?

Eu passei sete anos no seminário, mas chegou a adolescência e, quando eu tinha 18 anos, saí do seminário. Fui inicialmente fazer Direito, mas me casei aos 21 anos e vi que, para terminar o curso e ainda fazer um nome, não dava tempo. Então, fui dar aulas de História nos cursinhos de Fortaleza. Como já estava no meu elemento, que era dar aulas de História, terminei trancando a Faculdade de Direito. Em 1970, publiquei meu primeiro livro didático, de História Geral para o vestibular.

Desde menino, a minha primeira forma de manifestação literária foi a poesia, mas meu primeiro livro de poesia só foi publicado em 1981.

Como você enxerga essa missão que desempenhou por tantos anos, enquanto professor?

Eu passei 48 anos em sala de aula, gerações e gerações passaram pela minha sala. O prefeito foi meu aluno, dos 46 deputados, 30 foram meus alunos. A minha aula não era simplesmente um relato factual, eram dois olhares, o do passado e o do presente, deixando que o aluno tirasse a própria conclusão. Eu encaminhava o aluno para a descoberta, e quando o adolescente faz uma descoberta, ele ganha uma identidade, aquilo faz ele se valorizar muito.

Você ainda dá aulas, atualmente?

Hoje em dia eu me dedico à literatura e a palestras, principalmente sobre a história do Ceará, o pitoresco, a história não oficial, aquilo que acontecia nos bastidores.

E como você conciliou, ao longo do tempo, a carreira de professor e escritor?

Eu nunca deixei de praticar a literatura. Eu produzia material didático, apostilas e livros, mas sempre participei de grupos literários. Adolescente, eu frequentei a Casa de Juvenal Galeno, e era frequentador assíduo das sessões da Academia Cearense de Letras, mesmo sem ser membro oficial. Eu ia como ouvinte e tinha o sonho de pertencer à Academia, Consegui em 1996.

Você escreve biografias há 20 anos. Como é esse processo? Você se sente, em algum momento, como parte da família do biografado?

Eu me engravido da história que vou narrar. Sempre fui um contador de histórias, desde menino. Lá no seminário, eu lia um romance e contava para os outros meninos, toda noite, novelando, deixando suspense para continuar no outro dia. Então, quando vou escrever essas biografias, eu me aproximo das pessoas, me entroso, pesquiso tudo sobre os antecedentes e ancestrais e faço descobertas que, às vezes, os próprios familiares não sabiam.

Você é professor, historiador, escritor e poeta. Qual dessas atividades você acha que define melhor a sua personalidade?

A única coisa que eu sei que sou é um eterno menino. Se eu viver 90 anos, ainda serei aquele velho menino sonhador. Eu nunca me acostumei com o hoje, sempre sonho muito com o amanhã e nunca perdi o lirismo com as coisas. Gosto sempre de acreditar, ser um viajante da utopia. No dia em que você perde o sonho, você realmente envelhece.

Exímio Contador de histórias e literato desde a infância, o professor, historiador e escritor Juarez Leitão fala de como se dividia entre duas paixões, a sala de aula e a escrita, imprimindo, em cada uma dessas áreas, seu lirismo e bom humor.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.