Coluna

Márcia Travessoni (Gente): Registros

Márcia Travessoni (Gente)

marcia.travessoni@diariodonordeste.com.br

00:00 · 14.07.2018

Avós supercarinhosos, Stella e Pio Rodrigues encheram de afeto o neto caçula Andrezinho, no dia do batismo dele, no último fim de semana. O baby é filho de Paula e André Rolim (1). /// Ao lado de Marcus, Silvinho e Sarah, Giovana Albuquerque está na África do Sul onde brindou seu aniversário (2).

foto
Stella e Pio Rodrigues e André Rolim (1)

Image-0-Artigo-2425965-1
Marcus e Giovanna, Sarah e Silvinho Albuquerque (2)

Dinda

foto
A nutricionista Carla Laprovítera é só felicidade: já radiante de alegria por estrear como tia, ela é também agora madrinha do pequeno Henrique, primeiro filho da irmã gêmea dela, Flávia Laprovítera. O batismo aconteceu no último fim de semana.

Época de folia

O mês das férias é também o período em que Fortaleza recebe mais uma edição do Fortal. Neste ano, a micareta completa 27 anos e reúne atrações como Bell Marques, Ivete Sangalo, Cláudia Leitte, Saulo, Durval Lelys, Banda Eva, Wesley Safadão, Rafa e Pipo Marques, Gabriel Diniz, Jonas Esticado e Harmonia do Samba. A festa acontece entre os dias 26 e 29 de julho.

Bastidores

Com projeto assinado por Marcílio Sousa, o Ateliê das Ceramistas - um dos ambientes da Casa Cor Ceará deste ano - reunirá os trabalhos de Vivien Vieira, Emília Porto, Anelise Grise, Vera Dessart, Túlio Paracampos e Terry Kay Araújo.

Acompanhada da filha Virgínia Augusta e das netas Virna e Vivian, Mirian Almada embarca esta semana para Brighton, na Inglaterra, onde visita a filha Vitória Almada.

Kátia Maggy, Anya Ribeiro, Álvaro de Castro Correia, Máximo Fiúza, Wânia Negromonte, Itaquê Figueiredo, Angélica Pinto, Aderaldo Silva, Danísio Correia e João Henrique Sampaio são os aniversariantes deste fim de semana.

Convidada

Referência no universo dos doces e sobremesas, a chef Anna Paula Rezende é uma das convidadas da programação da Feira Internacional de Panificação, Confeitaria e Varejo (Fipan) deste ano, que acontece em São Paulo. Ela ministra, no dia 25, uma aula show sobre cheesecakee queijo de cabra com geleia de pimentão e maracujá.

Agenda

O Museu da Fotografia de Fortaleza abre as portas para diferentes formas de expressão artística e recebe, neste sábado, o espetáculo "Os Saltimbancos", uma atividade de contação de histórias, promovida pelo Grupo Encantos, que inicia às 14h. /// A programação do Projeto Pôr do Sol deste fim de semana tem Felipe Adjafre no Iate Clube, no sábado, e Joais Viana, no Mercado dos Peixes, no domingo, ambos às 17h.

Empreender

Image-0-Artigo-2425530-1
Transformar comunidades social e economicamente e estimular os jovens a terem um propósito de vida são os principais objetivos da Enactus Brasil, segundo define o coordenador geral da entidade, Caio Moura. Fomentando atualmente 34 iniciativas de estudantes cearenses, a Enactus Brasil promove em Fortaleza, na próxima semana, o encontro nacional de estudantes, quando será escolhido o melhor projeto do ano de 2018.

Como a Enactus Brasil seleciona os projetos de empreendedorismo social?

Hoje nós estamos em 120 universidades no Brasil, públicas e privadas. São essas instituições que se filiam à Enactus e montam grupos de estudantes envolvidos com empreendedorismo social. Elas procuram a Enactus para que os projetos desses estudantes saiam do papel. São projetos em que eles pensam e gerenciam, e a Enactus dá as instruções para que essas ideias sejam executadas.

O que é, então, o empreendedorismo social que a Enactus estimula?

É quando você consegue empoderar uma pessoa economicamente, pensando no business, no social e no ambiental, é uma maneira sustentável de empoderar pessoas e comunidades. Quando os nossos alunos aplicam um projeto em uma comunidade, eles criam um prazo para sair de lá e, quando isso acontecer, a comunidade conseguir andar com as próprias pernas.

O Ceará é sempre destaque na Enactus Brasil. O que faz com que os estudantes daqui tenham esse senso de empreendedorismo tão aguçado?

O Ceará é o segundo Estado em número de times e projetos, perde só para São Paulo. Aqui temos uma parceria forte com a Nufarm, que dá suporte financeiro e de coach pros alunos, isso influencia muito nos resultados. Tanto que, no ano passado, o melhor projeto do Brasil foi do IFCE (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia) de Iguatu. Além disso, os estudantes têm um diferencial: aqui, as comunidades a serem trabalhadas estão muito mais próximas da realidade dos alunos, o que faz com que os projetos desenvolvidos vão direto na raiz dos problemas que eles buscam resolver.

Qual a importância de estimular o empreendedorismo social no ambiente universitário?

Quando a gente tira os estudantes da caixinha da sala de aula e coloca ele pra atuar, estamos preparando ele pro mercado de trabalho. Ele se torna um profissional mais qualificado e se insere no mundo corporativo por meio da empresas que apoiam os projetos, além de definirem melhor os propósitos de vida de cada um.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.