Coluna

Márcia Travessoni (Gente): registros

Márcia Travessoni (Gente)

marcia.travessoni@diariodonordeste.com.br

00:00 · 14.04.2018

Em roteiro pela Europa, Suyane e Cláudio Dias Branco se revelaram encantados com a Grand Place, o coração de Bruxelas, na Bélgica, "o lugar mais famoso, animado e disputado da cidade", segundo Suyane. A praça é rodeada por um conjunto arquitetônico que, segundo o casal, é um dos mais belos da Europa (1). /// Aniversariante do último dia 6, o cirurgião plástico Márcio Crisóstomo celebrou a data em casa, junto da esposa Manoela, da filha Marina e do caçula recém-nascido, Enzo (2).

Image-0-Artigo-2386091-1
Suyane e Cláudio Dias Branco (1)

Image-1-Artigo-2386091-1
Manoela e Márcio Crisóstomo com os filhos Enzo e Marina

Tour

1
Acompanhada dos pais, Branca e Racine Mourão, a arquiteta Anik Mourão está de malas prontas para embarcar rumo a Milão, para conferir as novidades do Salão Internacional do Móvel. De lá, os três seguem para Berlim e, depois, para a Polônia, terra de origem da família de Branca Mourão.

Relevância

1
A associação Fortaleza Azul (FAZ) promove, desde 2015, a conscientização sobre o autismo e ações para os diagnosticados. Na linha de frente do projeto, Fernanda Cavalieri fala sobre os desafios das pessoas com esse transtorno.

Muitas pessoas ainda não entendem bem o que é o autismo e chegam a ter até visões preconceituosas. Como ele pode ser definido?

O autismo é um transtorno do neurodesenvolvimento. Não é doença, mas sim transtorno que causa déficits na interação e comunicação social. Temos autistas que falam, mas não conseguem compreender o que está nas entrelinhas, por exemplo, gírias e expressões. E também ocorre um déficit no comportamento, que é restritivo e estereotipado (balançar as mãos, dar pulinhos, se balançar como pêndulo etc).

De que forma atividades culturais, como as promovidas pela FAZ, podem agir na vida de uma criança autista e sua família?

Elas servem como uma oportunidade do autista ter acesso a elas, já que, às vezes, a família evita levar a criança a lugares públicos, para evitar que outras pessoas olhem com preconceito. Todo mundo precisa de lazer. Nós já promovemos sessões de cinema no Shopping RioMar, idas ao teatro e encontros em praças.

Quais os maiores desafios enfrentados pelas pessoas com autismo e suas famílias dentro da sociedade?

Os principais desafios são educação e saúde. O problema começa desde o acesso às escolas (geralmente às particulares), que alegam não estarem preparadas para receber a criança ou que já estão no limite de crianças com essa característica matriculadas. A permanência é às vezes até mais difícil do que o próprio acesso. Adaptar as avaliações, atividades diárias, projetos, passeios, tudo isso tem que ser feito. Sobre a saúde, encontrar profissionais especializados é difícil. Demora muito até os pacientes conseguirem uma consulta com neurologistas e psiquiatras infantis e um diagnóstico. É crucial que eles tenham um diagnóstico precoce. Quanto mais cedo forem diagnosticados e tratados, melhor será a qualidade de vida. E ainda faltam medicamentos. Os que existem não são para o autismo especificamente, mas para amenizar os sintomas.

E nós? Qual a melhor forma de agregarmos essas pessoas ao nosso cotidiano sem sermos preconceituosos?

A sociedade tem que se colocar no lugar do outro, não só sobre o autismo, mas sobre tudo. Antes de julgar que alguém está como preferencial em uma fila ou em um estacionamento, é necessário ter empatia com o próximo. Não se deve infantilizar a pessoa autista, tratar como doente, nem ignorar a presença dele e falar apenas com o responsável. Não é simplesmente um autista, mas uma pessoa que está ali. Quanto a nós, como dirigentes, além de tudo isso, devemos ainda garantir o cumprimento das leis que já existem sobre os direitos da pessoa autista.

Entre amigos

A convite de Michelle Fernandes, Vera e Costinha levarão uma turma para o Fortim, dia 28, para prestigiar o coquetel de abertura da exposição "O Percurso", de Luís Antônio Gonzaga. A solenidade começa às 18h, no Café com Artes, no Pontal de Maceió. Mirian Bastos, Tânia Albuquerque, Beth Pessoa, Sandra Mourão e Angelo Figueiredo são algumas das presenças confirmadas.

Em dia cultural pelo Quartier Latin, um dos bairros parisienses mais conhecidos e apreciados pelos turistas e locais, Lucile Nóbrega e Gláucia Mota visitaram o monumento secular Panthéon. /// Venúsia Ribeiro comemora aniversário no tradicional encontro da família, nos almoços de sábados, em casa. São também aniversariantes do fim de semana: Mônica Araripe, Vera Sílvia Castro, Daniela Alcântara e Paulo Couto.

Agenda

A partir deste domingo, o Parque do Cocó receberá, quinzenalmente, o projeto Orquestra no Parque, com apresentações musicais gratuitas a partir das 16h30. A ação é promovida pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente. A primeira atração será a orquestra infantil de Pindoretama.

Próxima terça, síndicos, empresas do ramo imobiliário e demais representados pelo Sindicato das Empresas de Compra, Venda e Locação do Ceará (Secovi-CE) estarão reunidos no seminário "Vida de Condomínio", que acontece no hotel Gran Marquise, a partir das 18h. Durante o evento, serão abordados temas relevantes para os cerca de 6.500 condomínios e empresas associados ou filiados ao sindicato. A organização do evento é de Priscila Cavalcanti.

Marilza Pessoa ministrará curso básico de decoração para bolos de casamento, dias 18 e 19, das 13h às 17h, no Espaço Rosmarino.

Destaque

Image-0-Artigo-2386159-1
Clicado com a esposa Katherine, o cap da Casa Blanca Tecidos e sócio-diretor da Ary Tecidos Ltda., Emílio Ary FIlho, foi agraciado, quinta, com o Troféu Carnaúba, entregue pela Associação Comercial do Ceará.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.