Coluna

Márcia Travessoni (Gente): Registros

Márcia Travessoni (Gente)

marcia.travessoni@diariodonordeste.com.br

00:00 · 10.03.2018

Acompanhados dos filhos, Camila e Paulo José Benevides acabaram de retornar de viagem de férias em Portugal. No último dia 3, Paulo comemorou aniversário e recebeu uma ótima notícia: foi escolhido para gravar seis episódios para um canal de TV por assinatura, no México. As gravações serão com os parceiros Pedro Camargo e Rafael Cortez. /// Layla Fujita teve seu aniversário comemorado em reunião surpresa, coordenada pelo marido Guilherme Fujita Neto e pela cunhada Sandra Fujita. A party, no apartamento de Cláudia Fujita, teve serviço de buffet do Fashion Gourmet, docinhos by Toca, bolo da Analu e décor assinada por Rafaela Faheina.

arte
Paulo José e Camila Benevides

Image-0-Artigo-2371992-1
Guilherme, Layla e Anik Fujita

Multi

Image-0-Artigo-2371440-1
Clicada em recente evento, Giuliana Botelho tem uma íntima relação com a moda - uma das várias facetas que ela, assim como grande parte das mulheres contemporâneas, assume. Advogada, coordenadora do escritório jurídico da família e mãe do Bernardo, ela está, agora, à espera do baby Otávio.

Destaque

Diretor-geral da Air France-KLM para a América do Sul, Jean-Marc Pouchol esteve comigo esta semana, adiantando informações sobre a frequência de voos do Ceará para a França. Ele também trouxe, para o Estado, a convenção mundial da companhia aérea.Em festa

Adeptos dos chamados "garden weddings", em que o foco do evento é mais integração com a natureza, os noivos Márcia Berreta e Bruno Moreno escolheram o Terrasse La Maison para celebrar seu casamento, fim de tarde do dia 31. O casal é filho de Mirley Aparecida Pignatari e Fábio César Beretta e de Maria Cristina Bandeira e Luís Helder de Alencar Moreno, respectivamente.

No salão de festas de seu apartamento, Izabel e Mário Grisolia celebraram Bodas de Ouro, sexta-feira, em festa decorada por Willfridy Mendonça, com doces e buffet de Toca Couto e bolo do Bom Bocado por Marilza Pessoa.

Cecília Pinheiro, Márcia Ferreira Gomes, Elias Boutala Salomão, Jacira Farias, Simone Norões, Pedro Gomes de Mattos, Lúcia Milfont, Juarez Leitão e Liliane Albuquerque são os aniversariantes do fim de semana.

Encontros

Katherine Ary, Taís Pinto, Marilena Campos, Simone Rizzato, Inês Cals, Ângela Gurgel, Lenita Negrão, Conceição Garcez, Rosângela Dias, Jeritza Gurgel, Maria Lúcia, Vera França Bizzaria, Márcia Teixeira, Ticiana Barreira e Liliana Rola conferiam a Páscoa do Bem realizada por Fernanda Freitas, em sua maison.

Thomaz Neto, filho de Beto e Lina Mendonça, em temporada de estudos em Engenharia Civil na Universidade de Salamanca, viajará, com amigos, para Alemanha e Holanda na Semana Santa.

Agenda

Dia 22 de abril, às 20h, no Teatro RioMar Fortaleza, Teresa Cristina lança seu novo trabalho, com direção musical de Caetano Veloso, homenageando um dos maiores e mais importantes artistas da música popular brasileira: Noel Rosa.

A Caixa Cultural Fortaleza apresenta, de 21 de março a 20 de maio, a exposição Êxodos, do consagrado fotógrafo Sebastião Salgado. A mostra conta com a curadoria de Lélia Deluiz Wanick Salgado e fica aberta para visitação gratuita de terça-feira a sábado, das 10h às 20h e domingo, das 12h às 19h.

Empreendedor

Image-0-Artigo-2372007-1
O empresário Mário Araripe é responsável pela criação da maior empresa de energia eólica do país, a Casa dos Ventos. Apesar de esta ser sua atuação no presente, o cearense acumula trabalhos nas áreas da construção civil, indústria têxtil e automobilismo (como detentor da Troller). No ranking da Forbes Brasil com os 170 bilionários brasileiros, Mário apareceu, no ano passado, entre os 50 primeiros colocados da lista.

Como você se descobriu empreendedor do setor eólico?

Eu havia vendido a Troller para a Ford e estava analisando novas oportunidades, com o objetivo de investir em algo que desse retorno e, ao mesmo tempo, tivesse um efeito benéfico para a sociedade. A energia é um dos pilares da economia e a fonte eólica - mesmo incipiente naquela época, em 2007 -, me parecia a mais promissora.

Qual a prioridade que o nosso Estado tem nos seus investimentos?

Ao lado da Bahia, Piauí e Rio Grande do Norte, o Ceará, em especial, é um dos principais estados em que desenvolvemos nossos projetos. Em 2016, inauguramos um complexo eólico no município de Tianguá, fruto de um investimento de R$800 milhões, empreendimento este que tem capacidade para atender aproximadamente 150 mil residências. Não só temos potencial para expansão nesta região, como temos um portfólio de projetos sendo desenvolvidos em outros municípios do Estado.

Quais as mudanças no setor eólico, em escala nacional, você enxerga hoje em comparação à época em que ingressou nesse mercado?

Em 2007, quando fundamos a Casa dos Ventos, a capacidade instalada de energia eólica no País era de apenas 245,6 MW, não chegava a 0,5% da matriz elétrica brasileira. Hoje, o cenário é diferente. Ultrapassamos o Canadá e assumimos a oitava posição entre os países com maior capacidade instalada em usinas eólicas. O setor amadureceu bastante com o avanço tecnológico e a vinda dos principais fabricantes de aerogeradores para o Brasil. Os investidores internacionais voltaram seus olhos para o País, mudando o perfil da concorrência e promovendo um processo de consolidação. A energia eólica foi a que mais cresceu nos últimos dez anos, e não é por acaso. Ela é a alternativa mais barata de se gerar energia no Brasil e isso tem que ser valorizado. Apesar do passado recente ter apresentado pouca contratação dada a recessão econômica que passamos, o País começa a dar sinais de recuperação e, consequentemente, abrir um cenário para a retomada dos leilões.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.