Coluna

Márcia Travessoni (Gente): Preparativos

Márcia Travessoni (Gente)

marcia.travessoni@diariodonordeste.com.br

00:00 · 24.02.2018

O mês de março será de festa na Cavalieri, quando se comemora o aniversário da confraria idealizada por Felipe Rocha. Entre os destaques da programação do mês, a presença da hairstyle de São Paulo Bruna Haksto - que, entre outros nomes, cuida do visual de Paulinha Sampaio e Lola Gleich -, entre os dias 5 e 10 de março; e jantar harmonizado com espumantes, promovido em parceria com a LVMH, Moët Hennessy e Louis Vuitton, dia 14. As ações de aniversário contemplam ainda o encontro de charuteiros, dia 23, e um workshop de vinhos argentinos, no dia 28 de março. /// Na volta da África, Vanessa Almada Queirós se reuniu com Lilian Porto para acertar os preparativos iniciais da festa que marcará a estreia de Mário Queirós nas quatro décadas. A party, agendada para o dia 16 de março, terá como palco o Coco Bambu by Toca.

Image-0-Artigo-2366038-1
Felipe Rocha

Image-1-Artigo-2366038-1
Mário, Pedro Henrique, Natália, Vanêssa e Deusmar Queirós Neto

Cursos

a
Em dia com as novidades do mundo fashion, Larissa Coelho está em São Paulo, fazendo um curso na área. No fim de março, ela pega a rota de Paris, onde participa de outra formação, e já adianta que trará novidades no blog Enfeitiçadas durante o Dragão Fashion Brasil deste ano.

Destaque

a
Odilon Peixoto - no clique acima com Lúcio Salazar e Camila Moreira - preparou um brunch para receber, neste sábado, os clientes na Extrema Jaguar Land Rover

Repercussão

A exposição que a Fundação Edson Queiroz abre ao público de 2 de março a 5 de maio, na Embaixada do Brasil em Roma, foi destaque no portal do canal Fox na Itália. A jornalista Emanuela Brumana destaca que a exposição - com cerca de 76 obras do Modernismo brasileiro pertencentes ao acervo da Fundação Edson Queiroz - é uma "viagem imperdível" por 40 anos da arte brasileira. Em tempo: a abertura oficial da exposição, dia 1º de março, contará com a presença da presidente da Fundação Edson Queiroz, Lenise Queiroz Rocha, e do vice-reitor de Extensão da Universidade de Fortaleza (Unifor), Randal Pompeu.

Bastidores

Tendo Rita e Terry Araújo como anfitriãs, a reunião mensal da Sociedade Amigas do Livro será realizada na próxima quarta-feira, às 17h, no Oba La Lá. /// Isabela Markan e Fábio Albuquerque retornaram com os filhos Lara e Fabinho após temporada de ski em St. Moritz, na Suíça. Milão e Paris também fizeram parte do roteiro da família.

O show da cantora Demi Lovato em Fortaleza vem gerando grande expectativa dos fãs, que já formavam grandes filas para a venda dos ingressos, que começou no último dia 22, para a apresentação da turnê "Tell Me You Love Me", marcada para 19 de abril, no Centro de Eventos.

Em festa

Este ano, Márcia Ferreira Gomes optou por comemorar o aniversário, dia 10, em Paris, durante viagem só de mulheres reunindo a filha Lorena e as netas Maria Eduarda e Laurinha. ///Viviane Almada, Cinira Cruz, Nilo Sérgio Holanda, Alexandre Amoreira, Luciano Rocha, Aurila Frota, Francisco José Câmara, Inês Aparecida, Priscilla Macêdo e Marcus Bessa são os aniversariantes deste fim de semana.

Agenda

Confirmada para 21 de abril, no estacionamento da Arena Castelão, a edição 2018 da Garota VIP, que traz a Fortaleza Wesley Safadão, Simone e Simaria e Léo Santana.

Desafios

doutora
Doutora em Economia pela Universidade de Paris I Panthéon-Sorbonne e especialista em políticas públicas e desenvolvimento regional, a economista Tânia Bacelar esteve na capital cearense na última semana, quando falou sobre os desafios que o Nordeste deve superar, nas próximas décadas, a fim de seguir crescendo. Entre os potenciais destacados por ela, estão os investimentos em aviação e a economia criativa.

A vinda do HUB aéreo e a concessão do aeroporto colocam o Ceará em melhor posição econômica e social frente os outros estados do Nordeste?

O Nordeste tem três locais que têm potencial para desenvolver essa oportunidade, e Fortaleza, sem dúvida, é um deles. Eu destacaria, também, o Recife pela localização estratégica que tem no Nordeste oriental e pela dimensão do Aeroporto de Guararapes, e Natal, que construiu um aeroporto de grande porte já destinado a ser um HUB.

Quais são as novas áreas e setores promissores para as próximas décadas?

Eu destacaria, de saída, a economia criativa. É um conceito novo, uma atividade que tem enorme potencial para se desenvolver nesse século. E, no Brasil, quando a gente fala em economia criativa, o Nordeste aparece em 1º lugar. O potencial da região é inquestionável. A segunda área promissora seria o desdobramento das cadeias produtivas industriais que a gente conseguiu instalar no período recente. E, finalmente, eu diria que um terceiro potencial é aquilo que a gente já sabe fazer, que são os setores industriais que chamamos de "tradicionais", a grande maioria voltada para o consumo. Nossas indústrias tradicionais têm o desafio de se renovar, mas elas têm potencial de permanência.

Dentre os desafios do Nordeste para os próximos dez anos, existe algum deles que é mais urgente para o nosso Estado superar?

Vou destacar dois. O primeiro é um desafio que eu considero uma ameaça. A infraestrutura econômica do Nordeste é um dos nossos fatores adversos de competitividade. Somos menos competitivos do que o Sudeste e o Sul nesse sentido. E o modelo de financiamento está mudando, de uma infraestrutura econômica que era financiada pelo Estado, nós vamos viver agora um período em parceria com o protagonismo provável do setor privado. Quando isso acontece, a tendência é localizar o investimento nas áreas de maior densidade econômica. E o Nordeste não tem grande densidade econômica. E o segundo desafio é investir em uma área em que estamos investindo pouco, a educação e a inovação. Esse binômio é estratégico para o Brasil nos próximos anos.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.