Coluna

Márcia Travessoni (Gente): elegância

Márcia Travessoni (Gente)

marcia.travessoni@diariodonordeste.com.br

00:00 · 27.01.2018

Convidadas da requintada cerimônia que marcou o casamento de Larissa Peixoto e Luiz Camelo, Ana Luiza Ramalho, Carine Figueiredo, Mirelle Vasconcelos, Giovana Bezerra e Laime Câmara capricharam na escolha dos looks, que resultaram em produções cheias de personalidade e glamour.

Mosaico

Companheiras de viagens, Teresa Baeta, Margareth Leal, Clarissa Brandão e Cecília Leal Pinheiro estão curtindo uns dias em Vilars Sour Ollon, na Suíça. /// O pré-carnaval no Bloquinho no Bosque no Marina Park continua rendendo ótimos cliques, a exemplo do registro de Camila Lima, Patrícia Santiago e Alcimor Rocha. O Bloquinho, inclusive, continua neste sábado, com Chicabana, Latino, Dorgival Dantas, Matheus Fernandes. /// Uma semana após a comemoração dos cinco anos do filho Bruninho, Celina Frota e Bruno Tigre recebem a família, neste domingo, para a sessão parabéns dele. /// Alix Pinho também esbanjou charme e estilo na recepção do casamento de Larissa Peixoto e Luiz Camelo

Reconhecimento

Implantando em 2006, o curso de Medicina da Universidade de Fortaleza (Unifor) é o 7º melhor do País, segundo ranking do Ministério da Educação. O reconhecimento do curso decorre de pontos como a infraestrutura da Universidade, os trabalhos realizados no Núcleo de Atenção Médica Integrada (Nami) e a metodologia de ensino, que segue o modelo Aprendizagem Baseada em Problemas, da sigla em inglês PBL.

Comemorações

Em noite de encanto e diversão, o aniversário de Athina, filha de Bruno e Rebeca Bastos, foi prestigiado por Camila Sá, com Miguel e Vitor; Vivian Otoch, com Katherine e Bianca; Carol Gurgel, com Thomaz; Priscila Leal com Sara e Rafael Neto; Aline Ferreira Gomes, com Luigi; Fernanda Cunha, com Maria; Rafaela Távora com Luca e Bianca; Silvinha e Rafael Leal, com Sylvio; e Priscila e Humberto Fontenele. 

Em tarde de jogos seguida de jantar, no Ideal Clube, as cunhadas Tânia Holanda e Luzia Castelo Branco festejam, em dose dupla, seus respectivos aniversários, próxima terça-feira. 

Em festa

Gabriela de Castro, Mariléa Browne, Nicolle Barbosa, Norma Selma, Vicente Fialho, Marcelo de Castro, Regina Basto e Aurélio Barbosa são os aniversariantes do fim de semana.

Colaborativo

A saúde pública foi tema de encontro entre estudantes de pós-graduação de universidades brasileiras e da Universidade de Harvard, este mês, em Fortaleza. A terceira edição, na Capital, do simpósio Intersectoral Collaboration to Address Health Needs (Colaboração Intersetorial para Encontrar Necessidades de Saúde, em livre tradução) incluiu visitas a entidades como Iprede, Hospital São José e Projeto Quatro Varas e palestra da primeira-dama do Estado, Onélia Leite.

Destaque
 
A primeira-dama do Estado, Onélia Leite, apresentou o Programa Mais Infância Ceará em simpósio promovido pela UFC e pela Universidade de Harvard
 
Joias
 
Apaixonada por trabalhos manuais desde sempre, a advogada Suzane Farias trocou o trabalho em escritório pela lapidação de pedras e construiu uma carreira de sucesso como designer de joias, tendo o mundo que a cerca como inspiração para suas coleções
 
Além de ser designer de joias, você é formada em Direito. Como foi o processo de transição de área?
 
Sou formada em Direito e advogada. Trabalhei na área por vários anos, durante algum tempo na Justiça Federal e depois no escritório, com meu marido Luiz Eduardo, que também é advogado. O Direito é uma área maravilhosa, com diversas oportunidades, mas eu sempre gostei das artes e de trabalhos manuais. Quando saí da Justiça, em 2003, já iniciava o namoro com as joias, mas a transição não se deu de maneira pensada, foi por acaso. No início, criava apenas para meu uso. A paixão pelas joias e pelas pedras me levou a estudar sobre o assunto e, em maio de 2004, decidi lançar minha primeira coleção. De lá para cá, mais de dez coleções e muitas alegrias essa mudança me trouxe.
 
Você já lançou coleções inspiradas em trabalhos de nomes como Aldemir Martins e Lino Villaventura. Por que a escolha desses nomes?
 
Minha inspiração vem do que está ao meu redor. A arte, arquitetura, a natureza, enfim, tudo que de alguma maneira atrai o meu olhar, me traz ideias. No início do meu trabalho com as joias, uma das coisas que eu mais busquei foi me inspirar nas coisas da minha terra. Até hoje isso é muito forte para mim, e foi esse desejo, além, é claro, da grande admiração pelo trabalho deles, que me levou a criar coleções inspiradas no Lino e no Aldemir. Ambos têm trabalhos incrivelmente inspiradores, cheios de elementos para se trabalhar. Aldemir, as figuras, e Lino, as texturas. Tudo que eu adoro!
 
Como se dá o seu processo criativo? 
 
Na maior parte das vezes eu sigo um processo. Penso um tema para coleção, divido em linhas e a partir daí inicio os desenhos. Normalmente faço anéis, brincos, pulseiras, colares ou pendentes em cada uma dessas linhas, mas não tenho um número exato, dependo sempre das ideias que vão surgindo. Em outros momentos, crio sem programar, simplesmente a ideia vem à minha cabeça. Às vezes acordo com uma ideia e me apresso pra fazer ao menos um rabisco, porque corro o risco de esquecer. O que já aconteceu algumas vezes.
 
Normalmente uma coleção demora cerca de seis meses para ficar pronta, contando da escolha do tema, passando pela pesquisa, elaboração de desenhos, lapidação de pedras e execução das peças. 
 
Qual o diferencial das suas peças?
 
Minhas criações são resultado de uma paixão, mas ao longo dos anos amadureci e busquei formar e manter uma identidade, pois considero superimportante em qualquer trabalho. Nas minhas joias, além do estilo contemporâneo, a principal marca é o acabamento com textura, em sua maior parte martelada. Já fiz peças com uma cara mais clássica, mas hoje só por encomenda. 
 
Quais são os projetos e novidades para 2018?
 
Minha ultima coleção, inspirada nos azulejos portugueses, foi superapreciada e me trouxe um presente de uma amiga, que será o tema da próxima... Mas vou deixar pra contar sobre ela no momento oportuno. Além disso, pretendo me dedicar mais às vendas online e voltar a participar de exposições no exterior, coisa que deixei de fazer ultimamente. 
 

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.