coluna

Márcia Travessoni: Em festa

Márcia Travessoni (Gente)

marcia.travessoni@diariodonordeste.com.br

00:00 · 09.09.2017

Aniversariante do mês de agosto, Otávio Queiroz Filho reuniu seleta turma de amigos, em casa, para uma comemoração que recebeu decoração de Dito Machado e teve buffet de Alain Tortosa. No clique, ele está com os irmãos, Edson IV e Constantino, e o pai, Otávio Queiroz.

Missão de conhecimento

Discussões sobre programas de combate à extrema pobreza foram o foco do primeiro dia da visita oficial da primeira-dama do Estado, Onélia Leite, ao Chile. Na última segunda-feira, ela se reuniu com o diretor executivo da Fundación Superación de la Pobreza, Leonardo Moreno, para trocar conhecimentos sobre experiências de sucesso, desse tipo, no país. Ao longo da semana, Onélia encontrou-se ainda com representantes da Fundación Chile Descentralizado, da Universidad de La Frontera, do Servicio de Cooperación Técnica e com a equipe do "Programa Chile Crece Contigo".

Roteiro

Em giro pela Itália, Graça da Escóssia, Regina e Consuelo Dias Branco, Gisela Vieira, Aloísio Neto, Gabriel com Letícia e Marcelo Ximenes visitaram o Papa Francisco, na sala Paulo VI, no Vaticano.

Comemorações

Um dos mais tradicionais e talentosos coiffeur da Capital, o querido Gurgel do Amaral comemora 80 anos e celebra no dia 4 de outubro, no Salão Maggy do Teka's Buffet. Karla e Kátia Maggy preparam desde já o projeto de decoração. O cerimonial será de Ana Liady Accioly e equipe.

São aniversariantes deste fim de semana Morgana Ximenes Linhares, Antônio Costa, Flávio Torres, Ruth Costa Souza, Katherine Ary, Lara Chaves e Darcila Austregésilo.

Debate

Geraldo Luciano e Vera Ponte (foto abaixo), respectivamente vice-presidente de investimentos e diretora de controladoria da M. Dias Branco, são convidados do painel "A importância da transparência no mundo dos negócios", que acontece próxima terça-feira, no Gran Marquise. O moderador será Ari de Sá Neto, CEO do Sistema Ari de Sá.

Mosaico

Ana Carolina Fontenele e Luiziana Esteves foram as perfeitas anfitriãs do Diamond Design Fashion Day, evento que exibiu, na passarela, todo o luxo e estilo das clientes VIP da dupla. A ocasião também marcou a chegada da grife paulista NK na maison de Ana e Luiziana.

Bruna Magalhães, Paulinha Sampaio, Marcella Porto, Natália Nogueira e Ana Carolina Fontenele

Camille e Marcella Cidrão e Brícia Teixeira

Rodrigo Porto assina a sala de jantar da Casa Cor Ceará 2017. O espaço, que homenageia Max Perlingeiro, retratará o luxo contemporâneo com obras de artistas como Ivan Serpa e Antônio Bandeira.

Image-1-Artigo-2292451-1

Recém-chegada de roteiro pela Europa, Marcela Cabral, esteve na inauguração do espaço de Raquel Macedo.

Image-0-Artigo-2292451-1

Destaque

Vera Ponte

Vera Ponte, diretora de Controladoria do M. Dias Branco

Globetrotter

Image-0-Artigo-2290950-1

Tereza Távora Ximenes ama viajar e conta que já perdeu a conta dos países que já conheceu. Visitou lugares de todos os continentes e foca, atualmente, em destinos da Ásia e Oceania. Em entrevista, a engenheira fala sobre sua maior paixão.

O que mais lhe incentiva a viajar?

Apesar de ser engenheira civil de formação e trabalhar no financeiro da gráfica do meu filho há mais de 20 anos, minhas paixões são história, arte e arquitetura. E são estes os meus maiores interesses na maioria das minhas viagens, apesar de, em países de culturas muito diversas da nossa, dar ênfase aos aspectos religiosos ou antropológicos.

Como você escolhe os roteiros?

Sou curiosa por natureza. Adoro aprender. Tenho muita sorte de o meu namorado adorar os programas que faço, ter tanta sede de conhecimento quanto eu e ter uma disposição invejável. Faço duas viagens com ele por ano e outras duas com grupos de amigos. Já tenho 10 viagens programadas com ele para os próximos cinco anos. Há três anos estou priorizando a Ásia e a Oceania, pois dizem que o jet-leg piora com a idade. Quando eu mesma faço o roteiro, procuro colocar dois ou três países no máximo, para conhecê-los melhor. Fui para a Tailândia e Camboja em uma viagem, para Indonésia e Singapura em outra. Estou indo agora no fim do ano para Myanmar, Laos e Vietnã. No meio do próximo ano vou para Malásia, Brunei e Seicheles. No fim do ano, para Filipinas e Taiwan.

Você gosta de elaborar os próprios programas?

Muito. É extremamente trabalhoso, mas me dá prazer. Pego roteiros na internet ("Queensberry" e "Adventure Club"), olho quais hotéis a Teresa Perez escolhe nas cidades a serem visitadas, vejo o que o "1000 Lugares para Ver antes de Morrer" - minha "Bíblia" - aconselha, leio blogs, peço dicas em grupos de WhatsApp e sugestões aos concierges dos hotéis. Fica do jeito que eu gosto mas toma muito tempo - não consigo fazer mais de dois por ano. Uma das grandes vantagens que eu acho de viajar em excursão é justamente não ter trabalho com essa parte e também conhecer novas pessoas e estreitar os laços de amizade com as conhecidas.

Algum país lhe fascina desde criança?

Meu interesse por arte e arquitetura veio com a maturidade. Mas desde jovem gostei de história. Sempre tive curiosidade de conhecer, e Deus já me deu a graça de ter visitado, Egito, Grécia, Israel, China, Índia, Turquia, Rússia e Itália. Estou indo agora para o Líbano. Está faltando o Iraque, mas esse só vou quando as coisas se acalmarem por lá.

E quanto a países muçulmanos?

Já fui a vários: Emirados Árabes, Irã, Catar, Azerbaijão, Uzbequistão, Turcomenistão, Tadjiquistão, Quirguistão e Cazaquistão. Considero fascinante de conhecer, mas não moraria em nenhum deles. Aliás, para o Irã, enquanto persistir a obrigatoriedade do uso do lenço na cabeça, nem vontade de voltar eu tenho. E só viajo para esses países em excursão ou com pelo menos um homem acompanhando. Sou bem medrosa nesse ponto.

Qual o maior legado de uma viagem?

Acredito que aumenta a nossa tolerância e diminui o nosso preconceito. O contato com diferentes realidades, culturas, valores, visões e religiões nos faz perceber que todos pertencemos a uma só raça. É a diversidade que torna o mundo tão maravilhoso.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.