Natal

A magia de estar junto

Data que marca o nascimento de Jesus para os cristãos, o Natal é, também, época de celebrar os momentos em família

00:00 · 23.12.2017

Refletir, agradecer, presentear e solidarizar-se são, certamente, as atitudes mais recorrentes do período natalino, mas uma delas certamente se sobressai: confraternizar. Seja com os colegas de trabalho, os amigos do tempo da escola, a turma da academia ou a tradicional ceia, na noite de Natal, o importante é, durante as festas de fim de ano, estar junto de quem amamos e de quem queremos cuidar, em família.

Em recente pregação no Colégio Santo Inácio, o padre Eugênio Pacelli reforçou como o "estar em família" é simbólico para resgatar os sentidos do Natal. "No interior da gruta de Belém, onde o mistério de Deus se revelou na pessoa de Jesus, nós encontramos o verdadeiro sentido do Natal, e lá encontramos também uma família alegre com o nascimento de uma criança. Deus não quis vir ao mundo senão através da família. Deus sonha a família e nela se mostra. Nosso Deus não é solidão, talvez por isso seja o Natal a festa para ser celebrada em família", evidencia o sacerdote.

O espírito da criança, que nos inspira esperança e redenção, é também citado pelo padre dentre os mistérios revelados na gruta associados ao Natal, bem como os anjos, que o sacerdote descreve como "mensageiros dos sonhos". "Deus nos abençoa pondo, ao nosso lado, pessoas de luz, que cuidam de nós, e pessoas frágeis, que precisam de nós e foram confiadas ao nosso amor", descreve ele.

Em tempos de surgimento de novos conceitos e tristes episódios ocorridos por conta de intolerância, o sentido da família, tão exaltado pelo padre Eugênio, ganha um contorno ainda mais especial, abraçando todos aqueles a quem queremos bem, independente do parentesco.

Nessa família abre-se espaço não para esquecer as diferenças entre cada um, mas aceitá-las e aprender a conviver com elas, continuando, ao longo de todo o ano - e mesmo por toda a vida -, esse espírito de confraternização que aflora no Natal.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.