A vez das meninas

Empresa de brinquedos lança linha de bonecas super-heroínas

A série DC Super Heroes Girl será composta por seis bonecas que devem estar disponíveis no mercado ainda no primeiro semestre de 2016

14:00 · 16.10.2015
DC superhero girls
Estão previstas as bonecas da Batgirl, Hera Venenosa, Supergirl, Mulher Maravilha, Harley Quinn e Bumblebee ( Foto: Reprodução / DC Super Heroes Girl )

A Mattel, empresa criadora da Barbie, anunciou  uma série de bonecas inspiradas em vilãs e super-heroínas da DC Comics. A linha DC Super Heroes Girl (ou Mulheres super-heroínas da DC) incluirá bonecas de 30 centímetros, bonecas articuladas de 15 centímetros e acessórios como o cinto de utilidades da Batgirl.

Ao todo, foram seis personagens selecionadas para a série: Batgirl, Supergirl, Mulher Maravilha, Hera Venenosa, Harley Quinn e Bumblebee

Além das bonecas, a DC Comics e a Warner Bros estão querem lançar livros e seriados animados on-line. As personagens cedidas pela DC à Mattel terão uma história própria, na qual todas serão adolescentes em idade escolar, estarão descobrindo suas habilidades únicas, alimentando seus notáveis poderes e dominando os fundamentos de ser um herói. Elas também terão suas personalidades originais suavizadas. A Arlequina, por exemplo, ao invés de "psicótica, será "brincalhona".

As personagens foram redesenhadas para atrair o público até então esquecido pelos fabricantes de brinquedos baseados em heróis: as meninas. Diferentes das action figures disponíveis no mercado, onde as heroínas aparecem super sensualizadas, as personagens da DC Super Heroes Girl tiveram seus desenhos inspirados em atletas: ginastas, dançarinos e jogadores de basquete foram usados como modelos de corpo pela designer de brinquedos da empresa, Christine Kim. O resultado são bonecas com corpo forte e tonificado, com a "aparência de quem pode salvar o dia ao invés de serem salvas", explicou Christine em entrevista ao Gizmodo americano.

De acordo com a Mattel, as Mulheres super-heroínas da DC têm com público alvo meninas, entre 6 e 12 anos, que estão destinadas a ser “feministas, blogueiras e acadêmicas”.

A partir do final deste ano, os vídeos das super-heroínas irão começar a ser reproduzidos. Já os especiais de TV, brinquedos e vestuário devem ser oferecidos pela Warner Bros e seus parceiros até maio 2016.

Para saber mais informações sobre as bonecas e série DC Super Heroes Girl, basta ficar atento ao site da linha, o canal no YouTube ou a página no Facebook.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.