Elas voltaram!

'As Meninas superpoderosas' retornam com episódios inéditos

Nos novos episódios, as heroínas estão mais independentes, informadas e conectadas

14:58 · 01.04.2016 / atualizado às 15:16
diario
Foto: Divulgação

Elas estão de volta! As Meninas Superpoderosas vão retornar com episódios inéditos a partir do dia 4, às 19h30, no Cartoon Network. Docinho, Florzinha e Lindinha marcaram uma geração e agora voltam com um visual repaginado e mais moderno para viverem novas aventuras na cidade de Townsville

Nos novos episódios, as heroínas estão mais independentes, informadas e conectadas. Os capítulos ganharam outro ritmo e elementos mais pertinentes à nossa geração, como por exemplo, a troca do tradicional telefone usado pelas meninas por celulares, entre outros detalhes.  

Além das garotas, o professor Utônio, pai das superpoderosas, o Prefeito, o vilão Macaco Loco, a Princesa e o malígno ELE também continuam na série, além das novas aquisiões, os vilões Pack Rat e Man-Bouy. O desenho volta ao ar com novos episódios após um hiato de 11 anos de inéditos. "A expectativa com o retorno é muito grande, estamos muito felizes com a volta das Meninas superpoderosas. Elas marcaram gerações, têm um alto poder de engajamento, com fãs de 5 a 80 anos", destaca Daniele Vieira, diretora sênior de conteúdo do Cartoon Network. 

De acordo com Daniele, serão ao todo 40 novos espisódios. Logo nas duas primeiras semanas de abril serão exibidos capítulos diariamente, às 19h30h. 

Novidades tecnológicas

Aproveitando a nova roupagem mais moderna, os episódios da Superpoderosas serão mais engajados com o universo virtual. Em alguns episódios, o Cartoon Network vai abordar, simultanemanente, um game em todas as plataformas.  Além disso, uma linha de produtos licenciados das Meninas SUperpoderoas também chegará ao mercado. Brinquedos, roupas, calçados, artigos escolares, entre outro objetos fazem parte dos novos produtos. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.