Urca

Primeiro curso de Direito no Interior festeja seus 40 anos

As quatro décadas de existência foram marcadas pela formação de mais de 3 mil profissionais

00:00 · 09.11.2014
urca
O curso desenvolve projetos pioneiros, como o do Núcleo de Práticas Jurídicas, responsável pelo atendimento gratuito de milhares de pessoas ( Fotos: Elizângela Santos )
urca
Faculdade foi pioneira na formação de profissionais no Ceará, além da Capital

Crato. O primeiro curso de Direito criado no Interior do Estado completa quatro décadas, com mais de 3 mil profissionais no mercado, desde que passou a ser da Universidade Regional do Cariri (Urca). Uma semana destinada às comemorações dos 40 anos, com homenagens aos seus fundadores e lançamento de um selo dos Correios foi realizada durante esta semana no Centro de Convenções do Cariri. O evento contou com grandes nomes da jurisprudência brasileira e internacional. O curso iniciou como faculdade e era uma autarquia municipal.

Durante a solenidade de homenagens, a reitora da Urca, professora Otonite Cortez, anunciou investimentos de R$ 5 milhões que serão feitos na melhoria de infraestrutura, biblioteca, refeitório para os estudantes, entre outros serviços. Segundo a reitora, os valores estão em fase de licitação para iniciar as obras necessárias. O curso funciona em edificações antigas. Segundo a reitora, o curso de Direito foi fundamental no processo de luta e criação da universidade regional.

Pioneirismo

Atualmente, desenvolve projetos pioneiros, a exemplo do Núcleo de Práticas Jurídicas, responsável pelo atendimento gratuito de milhares de pessoas na região, além do mais recente e primeiro Núcleo de Conciliação do Interior do Estado, por meio de parceria com o Fórum Hermes Paraíba, na cidade do Crato. Isso tem possibilitado a formação dos alunos da instituição aliada à prática das ações voltadas para a comunidade. Mais recentemente, também em parceria com o fórum, foi iniciado o projeto para atuar na área de reconhecimento de paternidade, com o Pai Presente.

Durante o lançamento do selo dos Correios houve o destaque para cinco obliterações que trazem a marca dos 40 anos. A Universidade completou 40 anos no último dia 15 de outubro, mas a meta era trazer a comemoração da data para um grande evento, conforme os seus organizadores, com participação de mais de 600 alunos das turmas dos cursos de Direito ligadas ao Campus do Pimenta, em Crato, e Unidade Descentralizada da Urca, em Iguatu, além de estudantes de faculdades da região. A apresentação do selo foi realizada por funcionários dos Correios, tendo à frente o gerente da agência do Crato, Cleiton Carvalho. Com uma placa comemorativa, foram homenageados os fundadores Luiz de Borba Maranhão (in memorian), Raimundo de Oliveira Borges (in memorian), Alberto Callou Torres, Manoel Soares Martins e José Dantas Tavares.

O primeiro orador da turma, o advogado e jornalista, Antônio Vicelmo, esteve presente na solenidade. O secretário geral da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no Estado, Jackson Cruz, destacou o reconhecimento do curso como um dos melhores do Estado do Ceará. Apenas três dos 17 cursos de Direito no Estado possuem o selo. Segundo ele, essa qualificação leva em conta o desempenho no Exame Nacional de Cursos (Enade), além do teste da OAB. "O curso de Direito se destacou em ambos", ressalta. Ele destacou a importância do trabalho da justiça e a sua plenitude, com o bom desempenho das ações, por meio de uma boa formação, além de ter bons operadores do Direito como peça fundamental do processo.

"Com isso, há um processo contínuo de esforço para garantir a melhoria e dar continuidade a esse processo de desenvolvimento", diz Otonite Cortez. Ela destaca que, com a reforma, haverá um auditório para mais de 200 pessoas.

Lançamentos

Com 17 anos de realização, a Semana de Direito tem como tema a Evolução e Pensamento Jurídico Constitucional. Contou, em sua abertura, com a conferência da professora doutora, Flávia Piovesan, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC - SP). Ela abordou o tema 'Direitos Humanos e Direito Constitucional Internacional: A emergência de um novo paradigma jurídico'. O evento oi realizado de 3 a 7 de novembro.

Além de lançamentos de livros, conferências, palestras, mini cursos, mesas redondas, a semana de Direito contou com a uma programação artística e as exposições "Olhar Humano", do Grupo de Estudos e pesquisa em Direitos Humanos Fundamentais, com a curadoria de Cristóvão Teixeira, e Geopark Araripe, com os seus geossítios, distribuídos em seis municípios da região do Cariri.

O homenageado deste ano, durante o evento foi o professor doutor Paulo Bonavides (UFC), que fez a conferência de encerramento da semana, na última sexta-feira, sobre "As cinco dimensões dos Direitos Fundamentais. Também serão realizadas homenagens a cinco docentes que tiveram grande importância para o Curso como Luiz de Borba Maranhão (in memorian), Raimundo de Oliveira Borges (in memorian), Alberto Callou Torres, Manoel Soares Martins e José Dantas Tavares.

A Faculdade de Direito foi criada em 21 de junho de 1973. O curso foi também um dos primeiros criados do Interior do Nordeste. Inúmeros profissionais da área como promotores, juízes, advogados e professores já passaram pela instituição. A Semana de Direito foi uma realização da Urca, PUC - Grupo Marista e OAB e contou com a coordenação geral da professora Cileide Araújo e como presidente de honra, o professor Patrício Melo, vice-reitor da Urca. (E.S)

Mais informações:
Curso de Direito da Universidade Regional do Cariri (Urca)
Campus São Miguel
Rua Teodorico Teles
Telefone (88) 3102-1245

Comentários


Li e aceito os termos de regulamento para moderação de comentários do site.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.