êntretenimento

Pista de boliche é opção de lazer em Juazeiro

O novo entretenimento vêm atraindo público de diferentes faixas etárias, especialmente nos fins de semana

00:00 · 19.10.2014
Image-0-Artigo-1722979-1
Esportes e jogos , como o boliche, considerados ainda não tão populares t|êm ganhado adeptos e impulsionado os investimentos na área ( fotos: mirelly morais )
Image-1-Artigo-1722979-1
Além das pistas de boliche, que são o principal atrativo, os locais para a prática do esporte ainda oferecem espaço para jogos eletrônicos, sinucas e o lugar também dispõe de uma lanchonete com um grande telão

Juazeiro do Norte. Com o constante desenvolvimento da região do Cariri, crescem também as opções de espaços para entretenimento. Esportes e jogos considerados ainda não tão populares têm ganhado adeptos e impulsionado os investimentos na área. Um dos mais recentes atrativos para quem quer se divertir na região são as pistas de boliche, que ganham adeptos de todas as idades. Os equipamentos abertos recentemente são sempre muito disputados.

O Bowling Park é um desses espaços do segmento. Aberto no mês de junho, tem sido bastante procurado. É uma casa onde funcionam vários tipos de jogos esportivos. O proprietário, Hebert Martins conta que a ideia surgiu a pouco mais de um ano, e tudo foi resolvido rapidamente. Analisando o potencial do mercado, ele diz ter visto uma brecha nesse segmento. "Juazeiro já é uma grande cidade, mas faltam opções para divertimento e senti essa necessidade", comenta.

Segundo ele como é algo novo na região, as pessoas ainda estão se acostumando, porém o movimento tem surpreendido. "Acho que foi mais coragem do que qualquer outra coisa. Já dispunha do prédio, mas fizemos um investimento de alto valor e por isso iniciamos com algumas opções para irmos crescendo", frisa o empresário. Ele se diz satisfeito com a aceitação, mas conta que fará uma publicidade maior a partir do mês de dezembro. "Até porque é uma novidade até para nós que investimos. Sempre fui do ramo de gráficas e agora investi em uma coisa totalmente diferente, então estamos nos acostumando, juntamente com o público."

Segundo Hebert, o espaço ainda não está funcionando com todas as opções que deseja. Ele promete novidades. "O local ainda não está 100%, vamos melhorar. Novos serviços serão instalados em breve, direcionado para as crianças, como o playgroud, o boliche infantil. A partir de janeiro de 2015 já queremos estar funcionando a todo vapor", afirma, adiantando que também tem pretensões de fazer um campeonato amador regional de boliche no próximo ano. "A intenção é tornar um evento de rotina para divulgar o esporte", afirma Hebert.

Além das duas pistas de boliche, que são o principal atrativo, há ainda um espaço para jogos eletrônicos, sinucas e o lugar também dispõe de uma lanchonete com um grande telão.

O estudante Natan Alves já aderiu ao novo hobby e comenta que até então faltava uma opção assim, e é uma boa alternativa para reunir os amigos. "Juntamos uma turma e fazemos uma disputa entre dois grupos. É bem divertido. Algo diferente do que estávamos acostumados a fazer", diz Natan.

A entrada ao espaço é gratuita. Os jogos são pagos por hora, e o boliche, que é o grande atrativo, pode ser jogado por qualquer pessoa. Há tamanhos e pesos de bolas diferenciados.

Há também orientadores para auxiliar os leigos sobre regras e jogadas. Cada partida dura meia hora e a pista pode ser dividida até por seis pessoas e a partida custa R$ 40 reais.

Mirelly Morais
Colaboradora

Comentários


Li e aceito os termos de regulamento para moderação de comentários do site.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.