Políticas

Observatório mapeará a cultura

UFCA e Sesc formam parceria para quantificar e qualificar as manifestações existentes na região

00:00 · 16.11.2014
Image-0-Artigo-1740387-1
O projeto é uma parceria entre a Universidade Federal do Cariri (UFCA) e o Sesc, a partir da Mostra Cariri de Culturas, realizada na região ( Fotos: Elizângela Santos )
Image-1-Artigo-1740387-1
Uma das manifestações a ser monitorada é o reisado, como dos Irmãos, que corre o bairro João Cabral, na periferia de Juazeiro do Norte

Juazeiro do Norte. Uma nova dimensão da cultura, em seus aspectos diversificados e num contexto ampliado, poderá ser proporcionada por meio do universo de dados a serem lançados de forma periódica na região do Cariri. Esse trabalho será desenvolvido por meio do "Observatório de Políticas Culturais". O projeto é uma parceria entre a Universidade Federal do Cariri (UFCA) e o Sesc, a partir da Mostra Cariri de Culturas, realizada na região há 16 anos.

Há mais de um ano que o Observatório vinha sendo discutido e começou a ser desenvolvida a proposta, com a busca "in loco" dos dados, resgatando os personagens da cultura popular, mestres dos reisados, bandas cabaçais e todas as manifestações existentes.

O vice-reitor da UFCA, Ricardo Ness, destacou a evidência cultural do Cariri e sua riqueza e o papel da universidade, que tem buscado atuar de forma mais presente diante dessa realidade. Na universidade, foi criada uma das únicas pró-reitorias de universidades do Nordeste com foco direcionado à cultura. Nesse aspecto, ressaltou os projetos que vêm sendo desenvolvidos na universidade, levando-se em conta essa diversidade cultural existente no sul do Estado.

O Observatório de Práticas Culturais tem como objetivo realizar mapeamentos e diagnósticos sobre os impactos culturais no Cariri. Com isso, a ideia é que esses levantamentos possam resultar em publicações periódicas. As análises vão servir de base para pesquisas e estudos, que vão nortear a construção de políticas públicas culturais, além do auxílio na medição do crescimento econômico da região por meio da cultura, conforme a concepção de trabalho do grupo.

A apresentação do projeto foi realizada pelo pró-reitor de Cultura da UFCA, Ivânio Azevedo. Ele ressaltou os critérios necessários para o desempenho das atividades dentro do projeto e os métodos a serem aplicados em busca dos diagnósticos. O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), Luiz Gastão Bittencourt, destacou eventos como a Reinvenção do Nordeste, realizado durante três anos durante a mostra Sesc, utilizados como forma de promover os debates e estudos sobre as manifestações culturais evidenciadas na Região do Cariri.

Implementação

Ele ressaltou a importância da manutenção da cultura, dos seus mestres e do acervo existente. "Pensamos na forma de semear essa cultura e manter a sua identidade, na união do saber com o fazer", diz ele. Ainda destacou a parceria com a universidade, como forma de implementar um processo de interação com a sociedade, com ações comunitárias. "Vamos poder documentar todos os patrimônios material e imaterial do Cariri, identificados pela Mostra Sesc Cariri de Culturas, por exemplo", pontuou.

O vice-reitor destacou a sua satisfação em poder acompanhar esse processo, com uma via de mão dupla que fortaleceu o encaminhamento de propostas, e disse que há um espaço grande a se percorrer. "Ficamos felizes com essa possibilidade de poder abrir esse espaço que temos pela frente de promover a cultura", observou. Ele disse que o observatório irá auxiliar na sistematização dos dados, o que irá facilitar muitas pesquisas na área de mestrado e doutorado. "Acho que esse lançamento fecha um ano de parceria de uma forma interessante e promissora para as instituições", frisa.

O pró-reitor Ivânio Azevedo salientou que o engajamento para o desenvolvimento do projeto tem sido fundamental para o seu desempenho que foi feito até agora. Segundo ele, o Observatório tem a finalidade, inclusive, de fortalecer a pesquisa, seja acadêmica ou não, com discussão de políticas culturais e tudo que está correlacionado.

Outro aspecto está relacionado ao aprofundamento da economia da cultura do Cariri, com a estudo de indicadores. Neste ano já vem sendo desenvolvida a pesquisa de público sobre a mostra. O trabalho envolve professores, técnicos e bolsistas.

Políticas

Outro ponto favorável estará voltado para qualificação das políticas culturais dentro das instituições, além de construir um corpo de pesquisadores especializados e produtos culturais do Cariri, tornando-se referência nacional e internacional no tema. "As pessoas que pensam cultura e a fazem, que conhecem essa assinatura que o Cariri possui, só de ouvir falar, vão ter que vir aqui", afirmou.

A estrutura de gestão do Observatório terá um conselho consultivo com sete representantes de instituições, incluindo a universidade, Sesc e Fundação Joaquim Nabuco, sociedade civil, pesquisador convidado e o conselho. A presidência do conselho será alternada.

A diretora regional do Sesc, Regina Leitão, ressaltou a participação da universidade, com o observatório de políticas culturais, destacando o pensar, incluindo também a parceria com a Fundação Joaquim Nabuco, que é a parte teórica do pensar. "Conclamamos outras instituições que queiram participar deste Observatório", conclama.

Um dos compromissos firmados pelas entidades parceiras é a publicação trimestral de um boletim com os dados coletados, informações e análises. Também terá uma web rádio, que irá ser um canal de informação e interação com a comunidade e um manual.

Missão

"O Observatório nasce com a missão de ser a grande autoridade em termos de indicadores e reflexão desses dados sobre a cultura do Cariri", diz o pró-reitor. Ivânio realizou a apresentação do bureau, que terá uma relação direta com os atores culturais, auxiliando no fazer.

Terá a finalidade de fomentar a economia do Cariri por meio da cultura, além de qualificar os profissionais que geram renda e também auxiliar na captação de recursos e oportunidades de negócios no campo da cultura. Esse será um dos projetos com uma relação mais direta aos atores culturais. 

Mais informações:
SESC
Unidade Juazeiro do Norte (Interior)
Rua da Matriz, 227 - Centro
Telefone: (88) 3512 -3355

(E.S.)

Comentários


Li e aceito os termos de regulamento para moderação de comentários do site.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.