Urbanismo

Juazeirense vai contar com ciclovia

Equipamento atende antigo pleito de esportistas e também será instrumento de melhoria da mobilidade

00:00 · 20.12.2015 por André Costa - Colaborador
Image-0-Artigo-1987103-1
Vias exclusivas têm sido cada vez mais reivindicadas pelos praticantes do ciclismo ( Fotos: André Costa )

Juazeiro do Norte. A primeira ciclovia deste Município deverá ser inaugurada em janeiro do próximo ano. O equipamento, localizado na Avenida Ailton Gomes, ligando o Centro ao bairro Cidade Universitária, é uma antiga reivindicação dos ciclistas, que se ressentiam da falta de espaço apropriado para a prática esportiva. Além disso, há uma expectativa de que seja um importante instrumento na facilitação da mobilidade urbana. A obra está sendo construída com recursos municipais.

Com extensão de 5,6 km, começou a ser implantada no mês passado. As obras na Avenida Ailton Gomes tiveram início em novembro e devem seguir até fevereiro do próximo ano. O local foi escolhido, segundo o secretário da Cidade, Valdo Figueiredo Macêdo Lima, por ter intenso fluxo de estudantes.

"Já era pauta de reivindicação constante dos acadêmicos, por ser uma avenida que liga as principais universidades da cidade", explica Valdo. Considerando as obras como um "marco para Juazeiro", ele avalia que "a cidade segue uma tendência de mobilidade que já vêm ocorrendo há décadas no mundo inteiro, mas que só recentemente chegou ao Brasil".

Prioridade

O titular da pasta ressalta que os municípios devem dar prioridade "a quem precisa e aos meios de transporte não poluentes e que contribuam com o bom fluxo do trânsito". "Por não se sentirem seguros ao terem que dividir as bicicletas com carros, caminhões e ônibus, muitas pessoas trocaram a bicicleta pela moto, o que acaba acarretando um trânsito mais complicado. O projeto de mobilidade urbana de Juazeiro tentará reverter esse quadro, criando espaços adequados para que os ciclistas se locomovam", acrescenta.

Em junho deste ano, cerca de 3 mil adeptos do ciclismo no Cariri, passaram a contar com um espaço voltado para o lazer e incentivo à prática de atividade física. A Ciclofaixa de Lazer, implantada na Avenida Leão Sampaio, entre os municípios de Juazeiro do Norte e Barbalha, com extensão de 6 Km, funciona todos os domingos das 7 horas ao meio-dia, e tem atraído cada vez mais adeptos.

Benefícios

O projeto Ciclofaixa de Lazer, que foi o primeiro autorizado no Estado em área de rodovia estadual, tem como objetivo propiciar oportunidade de lazer aos praticantes do ciclismo e às famílias, a partir da utilização, ou não, da bicicleta.

À época, a professora Aglaize Damascena comemorou a implantação da ciclofaixa dominical, no entanto, ressaltou a importância de uma ciclovia nas principais cidades do Cariri. Ela é a criadora do "Projeto Ciclos" que discute questões ligadas à mobilidade urbana e aos benefícios que o uso da bicicleta pode gerar em relação à diminuição de engarrafamentos, bem como na melhoria da qualidade de vida dos praticantes da modalidade desportiva. Os adeptos do ciclismo em Juazeiro do Norte já começam a notar a preocupação de empresários da região para incentivar a pratica esportiva.

Mudança

O primeiro bicicletário da cidade foi implantado há seis meses, na Confeitaria Amora, situada na Avenida Leão Sampaio, em Juazeiro do Norte.

A proprietária do estabelecimento, Possina Siqueira, acredita que iniciativas como esta devem ser adotadas para "mudança de cultura e mentalidade". Com isso, insere a cidade numa perspectiva de comportamento moderno e mais racional.

Apesar de o público no bicicletário ainda ser aquém das expectativas, ela avalia que, com a implantação de ciclovias na região, "os ciclistas deverão se sentir mais seguros e, assim, venham, gradativamente, ganhar mais espaço urbano". A empresária revela que até mesmo o cardápio da Confeitaria tem sofrido alterações. "Decidimos comprar a causa. Além de apoiar o Projeto Ciclos, que fez um ano agora em outubro, estamos acrescentando ao cardápio produtos mais naturais, energéticos, enfim, já atendendo o anseio dos ciclistas", finaliza.

O governador do Estado, Camilo Santana (PT), anunciou, neste mês, um pacote de investimentos para redução de acidentes de trânsito, que envolve, entre outras ações, a instauração da Ciclovia do Cariri. Os investimentos totais superam a ordem de R$ 1,1 bilhão. A ciclovia será implantada pelo Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE).

Segurança

A implantação criará um lugar exclusivo e definitivo para praticantes do ciclismo e para trabalhadores ou estudantes que optem pelo transporte de duas rodas, além, de possibilitar maior segurança aos adeptos, pois, apesar de não existir estatísticas nacionais, a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) estima que, no País, cerca de 500 ciclistas sejam mortos anualmente em decorrência de acidentes de trânsito. Este número se manteve estável nos últimos cinco anos. No País, existe quase uma bicicleta para cada dois brasileiros.

Apesar do alto número, quase não há lugares apropriados e seguros para se trafegar, sobretudo nos grandes centros, daí se requer espaços que garantam a livre mobilidade dos ciclistas pelas vias públicas, sem medo de atropelamentos. No ano passado, as 26 capitais do Brasil, juntas, possuíam apenas 1.118 Km de ciclovias, o que representa apenas 1% do total da malha viária das cidades.

ENQUETE

Como avalia esse equipamento?

"Acredito que as pessoas se sentirão mais seguras para sair de casa, seja como prática esportiva ou como meio de locomoção, o que beneficia também o trânsito. A bicicleta deve estar inserida no dia- a- dia"

Antônio Messias, estudante

"São iniciativas como estas que irão mudar a mentalidade das pessoas. Começa pela implantação de uma ciclofaixa, depois se obtém a ciclovia. Se o ciclista se sentir seguro em um trânsito com tantos veículos, ele sairá às ruas"

Possina Siqueira, empresária

"É de extrema importância, pois com o espaço exclusivo para nós, ciclistas, iremos praticar com mais segurança e certamente o número de adeptos crescerá. Além de trabalhar a saúde, o trânsito será desafogado"

Marcos Moreira Crus, ciclista

Mais informações:

Secretaria Municipal da Cidade (Secid)

Rua Josefa Muniz, 6

Vila Fátima - Juazeiro do Norte

Telefone: (88) 3511-7871

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.