desenvolvimento econômico

Inventário de atrativos do Crato objetiva potencializar o turismo

Documento foi elaborado por alunos e acompanhado por professores universitários

00:00 · 19.10.2014
Image-0-Artigo-1722075-1
A Praça do Cristo Rei consta como símbolo e referência dos atrativos turísticos da cidade
Image-1-Artigo-1722075-1
O trabalho contou com uma parceria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Crato e o IFCE. Alunos e professores atuaram em campo ( fotos: elizángela santos )

Crato. Novas perspectivas para o turismo do Crato foram apresentadas durante a finalização e entrega do Inventário da Oferta Turística do Município. O levantamento para elaboração de material de mais de 3 mil páginas, com os dados que compõem aspectos importantes para a formatação da cadeia turística, vocação da cidade e suas principais potencialidades foi apresentado durante esta semana. O trabalho foi realizado por uma equipe de técnicos e vinha sendo elaborado desde março deste ano. Questões relacionadas à melhoria de infraestrutura local foram destacadas, além da ampliação do conceito de sustentabilidade.

O trabalho contou com uma parceria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Crato e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Alunos e professores caíram em campo para colher dados relacionados às ofertas de hotéis, restaurantes, equipamentos de atendimento nas áreas de segurança, saúde, esporte, educação, trilhas e fontes na Chapada do Araripe, centros históricos e culturais, museus, para avaliar as atuais condições desses espaços.

As atividades foram coordenadas pela professora Ione Chaves, do IFCE, do campus Fortaleza. Ela e os alunos realizaram a apresentação do documento, durante a semana, em solenidade no Crato. Na ocasião, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Turismo, Venâncio Saraiva, destacou a importância dos dados coletados e disse que esse é o momento de partir para a ação. Ele aproveitou para ressaltar que o projeto continua sendo constantemente enriquecido e atualizado, com a criação de um programa específico para manter o processo de atualização dos documentos, possibilitando ao município contar com informações reais relacionadas aos seus principais potenciais de desenvolvimento no segmento turístico regional.

Durante a apresentação, a professora Ione destacou aspectos importantes levantados pela equipe, diante do vasto apanhado de informações nos segmentos do turismo, cultura, infraestrutura, religiosidade, meio ambiente, restaurantes, hotéis, equipamentos na área de segurança, saúde, entre outros setores locais.

Desenvolvimento

O inventário foi desenvolvido por uma equipe de alunos do curso de bacharelado em Turismo, com a coordenação de professores, tendo à frente Ione Chaves. O trabalho é o resultado acadêmico de ensino e também de extensão, prestando um serviço à sociedade.

No caso do turismo, o inventário consiste em levantar, identificar, registrar e divulgar os atrativos, serviços e equipamentos turísticos, com suas respectivas estruturas de apoio e instâncias de gestão. Com isso, foram levantadas informações relacionadas aos equipamentos e potenciais turísticos, possibilitando planejamento e a gestão, além da elaboração de projetos que venham beneficiar o setor.

Acervo

O levantamento de informações foi realizado em diversas instituições, além de um farto acervo fotográfico. Ela destaca a importância do desenvolvimento de um turismo de base sustentável e a estruturação de uma das cidades do Estado que considera de um grande potencial para o desenvolvimento do setor. Os dados foram inseridos em formulários atuais, do Ministério do Turismo, com a nova metodologia adotada.

O trabalho foi realizado em blocos organizados, destacando a infraestrutura disponível, incluindo os equipamentos e serviços turísticos, além dos atrativos naturais, culturais, eventos, atividades econômicas e realizações técnicas. O quadro da economia local e equipamentos técnicos foram avaliados, com a parte de infraestrutura e e serviços turísticos, incluindo meios de hospedagem, gastronomia, entretenimento, espaços de lazer, agências de viagem. Além disso, os atrativos culturais, eventos e realizações técnicas, como um açude que atraia visitantes.

Registros

Segundo a professora Ione Chaves, houve uma certa dificuldade na coleta de informações, mesmo com a disponibilidade das informações por parte do município, mas responsáveis pelos equipamentos foram ouvidos, além disso, trilhas, mirantes, bicas e fontes foram visitados e colhidos registros o atual estado dos locais. Para a coordenadora, com as informações é possível verificar atual situação do município. "É o ponto de partida para o desenvolvimento de programas e projetos. Não podemos afirmar que o município é turístico, mas que tem potencial", afirma.

Para o estudante e pesquisador do curso de bacharelado em Turismo, José Antônio dos Santos, a coleta de dados foi trabalhada para chegar ao inventário, com algumas etapas. Segundo ele, o trabalho foi enriquecedor, por conta do planejamento do turismo, e permite conhecer o processo no começo, meio e fim.

Antônio destaca os potenciais históricos, culturais e a natureza que privilegia o espaço. Já a estudante Vanessa Ferreira Miranda disse que o inventário tem a capacidade de reunir todas as informações, que devem ser utilizadas em prol do desenvolvimento regional, com dados amplos e os diretamente relacionadas ao turismo, com um pensamento voltado para o todo, favorecendo a comunidade . Vanessa destacou o aspecto cultural como um dos pontos fortes do povo cratense, destacando que é algo que está nas pessoas e não imposto. " As pessoas levam isso como forma de vida, mesmo no século que a gente vive, com as culturas sendo deixadas de lado" diz. Ela destaca a importância de se investir nesse potencial. (E.S)

Mais informações:
Centro Administrativo do Crato
Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo
Rua 7 de Setembro, s/n
Telefone (88) 3586.8000

Comentários


Li e aceito os termos de regulamento para moderação de comentários do site.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.