cultura popular

Exposição terá carro que já foi de Luiz Gonzaga

Veículo foi adquirido pelo Centro de Tradições Nordestinas (CNT), que está instalado no Rio de Janeiro

00:00 · 05.07.2015
Image-0-Artigo-1884957-1
Veraneio foi transformada em relíquia na homenagem ao 'Rei do Baião' ( FOTO: ELIZÃNGELA SANTOS )

Crato. Muitas idas e vindas do Rei do Baião em um velho automóvel Veraneio, ano 1976, de Exu ao Crato, foram motivo de um dia o veículo ficar em solo cratense mesmo. Mas chegou a hora de partir. O carro de propaganda que circulava pelas ruas do Centro da cidade passa definitivamente à categoria de relíquia, voltado apenas às exposições pelo Brasil. O transporte robusto e de tamanho agigantado que pertenceu ao ícone da música brasileira e um dos nomes mais representativos da cultura nordestina, Luiz Gonzaga, agora será recuperado no Rio de Janeiro para fazer parte do Centro de Tradições Nordestinas Luiz Gonzaga (CTN), no Estado.

O automóvel foi levado do Cariri num caminhão de transportadora. O motor não é o mesmo, desde que o radialista e publicitário, Luzimar Soares de Sousa, adquiriu o veículo há 30 anos. Ele era o quarto proprietário do automóvel, após ter pertencido primeiramente ao rei Gonzaga, por três anos. Mas sempre, como fã do cantor, levou ao conhecimento do público a sua alegria de poder transitar pelas ruas num transporte que se tornou uma raridade. Não era para qualquer um. Mas o tempo, as dificuldades de manter e até recuperar automóvel, com a ausência de peças no mercado, levou Luzimar a não resistir à tentação de abrir mão da sua preciosidade para comprar um carro mais em conta, e com consumo menor.

Compensações

Como precisa circular bastante pelas ruas, o custo benefício realmente não estava compensando, conforme o radialista. Para cada 4,5 km ia-se um litro de gasolina. "Realmente para os dias de hoje e o valor do combustível, não dá para manter com esse tipo de trabalho. Além disso, vieram os problemas mecânicos", afirma. Mas as lembranças são boas, segundo Luzimar. Foi com a velha Veraneio que ele manteve a sua família e viveu momentos de lazer e alegria, em milhares de quilômetros rodados. "Momentos realmente marcantes vivi com esse carrinho. Estivemos na praia, todos juntos, porque dava para levar a turma toda", afirma.

As negociações para a venda do veículo aconteceram de forma rápida, no último final de semana. Neste ano, o Centro de Tradições Nordestinas do Rio de Janeiro, a tradicional Feira de São Cristovão, completa 70 anos. Será realizada a Conferência Nordestina, de 15 a 20 de setembro, onde vão acontecer também em paralelo a festivais e exposições, entre elas a do Padre Cícero e outras que vão lembrar importantes personalidades nordestinas. Segundo o empresário Davi Cavalcante Reis, da DCR Produções, a ideia era poder levar o veículo ao sudeste para preservá-lo, com a valorização devida, além de divulgar a memória desse grande artista que foi Luiz Gonzaga, para que as novas gerações tomem conhecimento. Reis veio ao Cariri acompanhado do assessor de imprensa do CTN, Marcelo Fraga. Empresas como a Chevrolet estão sendo contatadas para realizar a recuperação da Veraneio. "É melhor que ela seja recuperada e se torne instrumento de valorização de uma história de um dos grandes artistas desse país, do que ficar acabando, como está agora", afirma Fraga.

O tempo e a manutenção devidos estavam levando ao fim o veículo que não vinha sendo mais usado por Luzimar como antigamente. Havia dificuldades de abrir as portas, bagageiro e até mesmo de dar a partida, em algumas ocasiões.

Mais informações:

Centro de Tradições Nordestinas Luiz Gonzaga
São Cristóvão
Rio de Janeiro
Telefone : (21) 2580-5335

Comentários


Li e aceito os termos de regulamento para moderação de comentários do site.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.