Secretaria de cultura

'Diálogos Culturais' reúne artistas e poder público

Iniciativa disponibilizou informações sobre programa, que visa a incrementar o setor de artes e cultura

22:00 · 07.02.2015 / atualizado às 00:00 · 08.02.2015
Image-0-Artigo-1793614-1
No encontro, Estado prometeu fortalecer as ações culturais no interior ( Fotos: Roberto Crispim )
cariri
Na ocasião do evento, demandas que ainda prejudicam a ampliação das produções artísticas na região, a exemplo do segmento da dramaturgia e do teatro, foram debatidas junto à equipe técnica da Secult

Crato. Artistas, produtores culturais, apoiadores e secretários municipais de cultura da região do Cariri participaram de encontro promovido pelo Governo do Estado, no início da semana passada, para conhecerem o projeto "Diálogos Culturais", da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), que tem como finalidade a discussão de propostas, ações e diretrizes para o setor. O encontro foi realizado no auditório da Escola Profissional Violeta Arraes, e foi coordenado pelo próprio titular da pasta em nível estadual, Guilherme Sampaio.

Na ocasião do encontro, demandas que ainda prejudicam a ampliação das produções artísticas na região foram debatidas junto à equipe técnica da Secult. Os problemas narrados pelos próprios artistas vão desde a falta de equipamentos para apresentação de espetáculos teatrais e de dança, na maioria dos municípios da região, bem como a necessidade de mudanças na política de editais desenvolvida no Estado.

Durante as discussões, o secretário estadual de Cultura, Guilherme Sampaio, enfatizou que a decisão de realizar em um município do interior do Estado o primeiro grande encontro de interlocução da nova gestão da Secult com os diversos segmentos interessados nas políticas de cultura é um exemplo prático e simbólico do compromisso da Secretaria em ampliar as ações no Interior.

"Esse compromisso está expresso no plano de governo, definido pelo governador Camilo Santana após amplo debate com vários setores da sociedade, e norteará as políticas e ações da Secult, de várias formas. Desde este primeiro encontro acontecendo no Cariri até compromissos como a construção, no Interior, de quatro centros culturais e de 13 escolas profissionalizantes de caráter cultural", detalhou Guilherme Sampaio.

Ampliação

A promessa do Governo do Estado de ampliar o orçamento da Secult para o equivalente a 1,5% do orçamento estadual geral, ao fim de quatro anos, e de fortalecer as ações no Interior também foi destacada pelo secretário. "Avaliamos de forma muito positiva a participação, no encontro no Cariri, dos envolvidos com a produção cultural e de representantes de diferentes setores, com muitas e qualificadas propostas", destacou o secretário, ressaltando que, após as primeiras edições no Crato e em Fortaleza, o "Diálogos Culturais" seguirá como um programa permanente, de promoção de diálogo direto entre a Secult e os cidadãos, tanto de forma presencial quanto por meio da Internet.

Entre os participantes do "Diálogos Culturais" no Crato algumas pessoas se manifestaram publicamente durante a reunião, fazendo perguntas, críticas, comentários e sugestões à Secult. Dentre os participantes que realizaram questionamentos estavam Allemberg Quindins, fundador da ONG Fundação Casa Grande - Memorial do Homem Kariri; Cacá Araújo, dramaturgo, ator e diretor; e Jefferson Albuquerque Jr., cineasta e produtor. A produtora cultural Beth Fernandes, bem como o ator e radialista Francioli Luciano e, ainda, o produtor cultural Geraldo Sinésio, além dos mestres da cultura tradicional popular Cirilo e Raimundo Aniceto, também participaram dos debates. A forma como as discussões foram realizadas e a iniciativa da Secult em iniciar um amplo debate sobre a fomentação cultural no interior cearense, a partir da região do Cariri, foi destacada por vários secretários municipais presentes ao encontro.

"Este momento é muito importante e por isso devemos todos dar os parabéns. Hoje temos a convicção de que vamos ser parceiros e de que a cultura com certeza vai em frente", enfatizou, durante a reunião, Miriam Basílio, secretária de Cultura de Brejo Santo. (R.C.)

Comentários


Li e aceito os termos de regulamento para moderação de comentários do site.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.