Arquitetura e Design

Casa Cariri Mostra quer valorizar a região

O evento contará com profissionais do Estado e também com nomes nacionais, tendo como foco o Cariri

00:00 · 12.04.2015
f
A mostra será realizada, em casa do bairro Lagoa Seca, de 10 de junho até 5 de julho deste ano

Juazeiro do Norte. Com a expectativa de receber um público de mais de 10 mil pessoas, durante 26 dias de realização, acontece em Juazeiro do Norte a Casa Cariri Mostra, pioneira na área de design, arquitetura, tecnologia e inovação para o setor. Esses segmentos têm apresentado grande crescimento nos últimos anos, impulsionados pelos altos investimentos nos setor imobiliário. O mercado tem sido ampliado com diversidade criativa e proporcionado um aumento relevante de profissionais da área. Para os organizadores, esse é o momento oportuno de criar. Com isso, arquitetos terão o desafio de inovar a partir da matéria-prima da região.

Desafio proposto, o diretor de marketing Renato Fernandes destaca a grande expectativa para um trabalho que há mais de um ano vem sendo elaborado para o Cariri, reunindo o conceito básico inovação, cultura e sustentabilidade. Com aspectos minimamente pensados, ele diz que essa é a grande oportunidade de reunir, de forma pioneira, os mais diversos segmentos criativos, envolvendo desde o trabalho de artistas locais aos profissionais da arquitetura, design, ambientação e parceiros empreendedores de setores diversificados de marcas e produtos.

Serão criados mais de 40 ambientes, numa área de 5 mil metros quadrados. O espaço, as formas e as cores serão redesenhados a partir da realidade apresentada nos últimos anos, no Cariri. A casa sede do evento será na Rua Dr. Mauro Sampaio, 300, no bairro Lagoa Seca, em Juazeiro. A mostra acontece de 10 de junho até o dia 5 de julho. Na última quinta-feira, os empreendedores e organizadores do evento estiveram na segunda reunião técnica da edição de 2015, onde foi realizada a apresentação de manual do expositor, além de regulamentos e especificações dos projetos, entre outros aspectos do trabalho.

Para a diretora administrativa, Isabela Bezerra, o grande diferencial é o regionalismo. Ela destaca o momento de transição e crescimento na região e a grande importância de promover um diálogo. "É importante que, mesmo diante das influências externas, do que está acontecendo fora, do novo, devemos proporcionar ao Cariri a valorização da nossa cultura e tradições, para que não sejam esquecidas", diz.

Além de nomes de destaque regional na arquitetura, o evento contará com a presença de referências nacionais para compartilhar um pouco do conhecimento e experiência na região, como a arquiteta Maria Elisa Costa, filha do arquiteto que projetou Brasília, Lúcio Costa, entre outros nomes. A arquiteta já possui trabalhos na região, a exemplo do Teatro Violeta Arraes, da Fundação Casa Grande, em Nova Olinda. O diretor de programação, Alemberg Quindins, estará coordenando essas atividades junto à Casa Cariri Mostra.

Para Isabela, a meta não é apenas trazer novas maneiras de morar e viver na região, mas, acima de tudo, poder resgatar o que já existe. "Num mesmo ambiente a gente pode trazer o tradicional, que já está muito em voga, e o regionalismo", diz. Ela ressalta que há artistas na região que têm se destacado em outros locais do Brasil e do mundo, e, muitas vezes, não se tem conhecimento de como colocar esse trabalho em um ambiente que proporcione uma harmonia que, ao mesmo tempo, seja atrativa.

Renato Fernandes destaca a inquietude de poder proporcionar ao Cariri um trabalho que direcione um encontro entre o moderno e o tradicional. Ele ressalta a adesão dos parceiros que acreditam no projeto, em que é necessário se fazer uma releitura dos elementos presentes na própria região. Cita, com isso, a necessidade de valorização do que há do ponto de vista local. "Essa mostra também vem tocar as pessoas de uma forma interessante para o aspecto criativo, visualizando novas plataformas com o que há na região", afirma. Com isso, ele cita o desafio dos profissionais do Cariri inserirem elementos regionais em seus projetos. Conforme ele, a missão desse evento será promover o encontro de marcas, produtos e o Cariri, com 10 mil visitantes.

O diretor técnico, Vladimir Sobral destacou que o público chegando a cidades do interior do Pernambuco e da Paraíba, além do próprio Ceará e a região Sul do Estado. "Temos que seguir normas técnicas, questões contidas no plano diretor da cidade", afirma. Segundo Vladimir, o evento serve para educar a própria população de como deve ser feito um ambiente planejado por profissionais e o visitante veja espaço decorado e esteticamente interessante, com a sua técnica e funcionalidade. (E.S.)

Mais informações:

Casa Cariri Mostra
Rua Dr. Mauro Sampaio, 300
Juazeiro do Norte
Telefone: (88) 3085-1323

Comentários


Li e aceito os termos de regulamento para moderação de comentários do site.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.