juazeiro do norte

A cada 48 horas, um assassinato é registrado

00:00 · 06.09.2015 por André Costa - Colaborador

Juazeiro do Norte Os números da violência no mês de agosto em Juazeiro do Norte assustam. Em 30 dias, 15 homicídios foram registrados; média de um assassinato a cada 48 horas na cidade do Padre Cícero.

>Observatório monitora violência

Um dos crimes de grande repercussão ocorreu na noite do último dia 30. De acordo com a Polícia Militar (PM), o jovem Ediclemenon Pedro dos Santos, de 18 anos, foi executado com vários tiros de revólver calibre 38. A maioria dos disparos acertou a região da cabeça.

Rua da Paz

"Diqué", como a vítima era conhecida, não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo da chegada da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O crime aconteceu na Rua da Paz, por trás do Mercadão das Flores, bairro Santa Tereza, próximo ao local onde o jovem residia.

Motocicleta

Testemunhas contaram aos militares que o crime teria sido cometido por dois homens em uma motocicleta Honda Bros de cor preta. O garupeiro teria efetuado os disparos. Ediclemenon respondia por furto.

No mesmo período do ano passado (agosto), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS) registrou 20 homicídios nos 26 municípios que compõe a Área Integrada de Segurança 11 (região do cariri). A quantidade total de assassinatos se aproxima ao número registrado somente em Juazeiro do Norte. Em 2014, os meses de março e novembro foram os mais violentos na região, com 31 homicídios, cada.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.