test drive

Veja desempenho do Fiat Cronos

Testamos no Rio de Janeiro a nova aposta da marca italiana para o Brasil: sedan Cronos, derivado do Argo

Novo Fiat Cenário do lançamento foi o Rio de Janeiro; carro aposenta Siena
00:00 · 26.02.2018 por Camila Marcelo* - Repórter

O Argo tirou o Palio de cena e o Cronos completou retirando Linea e Siena de cartaz. Três despedidas, mas muitas versões dos dois lados para compensar o vazio. Por parte do sedan, são cinco versões, três opções de câmbio e duas de motor. No design, vincos s marcantes e lanternas tridimensionais para chamar a atenção e fazer esquecer dos outros da família.

Principalmente visto por trás, o Cronos nada parece com os velhos conhecidos três volumes com seus desenhos quadrados. Apesar que o público-alvo é o mesmo: homens casados com filhos entre 35 e 50 anos.

Dentro, o design juvenil do Argo foi levado ao sedan, das saídas de ar-condicionado até a oferta dos itens de série, como a tela central de multimídia flutuante de 7" a partir da Drive. Ela é de fácil manuseio, dá alternativa de colocar as informações de hodômetro na tela e tem boa visibilidade para motorista e passageiro. No entanto, nada de GPS ou simples espelhamento da tela. É preciso ter o aplicativo Android Auto ou Apple CarPlay para lidar no quesito navegação com o aparelho.

A motorização 1.3 de 109 cv equipa três das cinco versões e certamente será a mais escolhida pelo consumidor, então nada mais justo do que começar o teste por ela. A combinação escolhida foi com o câmbio GSR, o automatizado de cinco marchas reconhecido pelos seus botões, presente desde o Uno nos carros da Fiat.

O desempenho surpreende, mas os solavancos principalmente nas trocas das três primeiras marchas tira um pouco a graça da condução. Não será amor a primeira vista se o casamento for com essa transmissão, mas, quem insistir, a Fiat garante que terá com ela os melhores números de consumo possíveis com um Cronos.

Para ajudar no relacionamento, vale apostar nas trocas com as aletas atrás do volante ou experimentar apertar o botão "S" para uma direção mais esportiva.

Dentre os seus itens de série, vem com Start&Stop, controle de velocidade de cruzeiro, apoio de braço para o motorista, vidros elétricos traseiros, retrovisores elétricos com tilt down e repetidores de seta integrados. É a partir dessa intermediária que o modelo passa a contar ainda com controle eletrônico de estabilidade, assistente de partida em rampa e controle de tração. O preço dela é de R$ 60.990.

Em seguida, foi a vez de sentir o 1.8 de 139 cv com câmbio manual de cinco velocidades. Sinceramente, acredito que a 1.3 já havia dado conta do recado. Respondeu bem em ultrapassagens durante os 21km de percurso (mesmo com delay do câmbio) e nas retomadas após lombadas. Talvez o motor maior valha mais o investimento quando os 525 litros estiverem preenchidos no porta-malas e os assentos todos ocupados.

Fora o motor, a Precision manual vem com diferencial de faróis com luz de posição em LED, rodas de liga leve de 16 polegadas, faróis de neblina, banco traseiro bipartido, sensor de estacionamento traseiro e alarme. Ela é oferecida por R$ 62.990.

Para equipar mais, não faltam opcionais que variam conforme a versão. Entre os itens estão: airbags laterais dianteiros, câmera de ré com linhas dinâmicas, display TFT de 7" no painel de instrumentos, ar-condicionado automático digital, espelho retrovisor interno com sensor de ofuscamento, espelhos retrovisores externos com rebatimento elétrico e puddle lamps, Keyless Entry'N' Go, sensor de chuva, entre outros mimos. A chegada às concessionárias está confirmada a partir da segunda semana de março. Porém, o carro de test-drive já foi liberado mais cedo para começar os primeiros contatos com o público.

O modelo será disponibilizado em oito cores com mais de 40 acessórios para personalizar mais e tirar o público do Volkswagen Virtus, Hyundai HB20S, Toyota Etios e Chevrolet Prisma, seus rivais.

A repórter viajou ao Rio de Janeiro (RJ) a convite da Fiat

Ficha técnica

Motor: 1.3, flex/1.8 flex

Potência: 109 cv/139 cv

Transmissão: manual automatizada/automática

Direção: elétrica

Tanque: 48 litros

Porta-malas: 525 litros

Freios: Discos ventilados (diant.) e tambores (tras.)

Pneus:195/55 R16

Preços/versões: 1.3 manual R$ 53.990/ 1.3 Drive manual R$ 55.990/ Drive 1.3 GSR R$ 60.990/ Precision 1.8 manual R$ 62.990/ Precision 1.8 automático R$ 69.990

Preço: R$ 81.840,00

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.