Veículo sobre a calçada: infração de desrespeito - Auto - Diario do Nordeste

estacionamento

Veículo sobre a calçada: infração de desrespeito

28.08.2013

Está cada vez mais difícil para pedestre transitar. O problema é grave e o infrator é passível de multa

Em Fortaleza, o que mais se vê pela cidade é carro estacionado em lugar indevido. Eles estão na esquina - atrapalhando a visão de quem quer cruzar uma avenida; em lugares que pertencem à idosos; ao lado de outro veículo em fila dupla, na contramão da direção, entre outros.

De acordo com o artigo 181, inciso VIII, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), estacionar o veículo no passeio constitui infração grave, com multa no valor de R$ 127,65 e remoção do veículo FOTO: JOTA POMPÍLIO

Mas há um em particular que irrita bastante as pessoas. E quem pensou que é aquele que os motoristas resolvem parar em cima da calçada, acertou! Essa má educação acaba sobrando para o pedestre que, acuado, obrigatoriamente acaba se arriscando e tendo que transitar pela pista de rolamento.

Antes, essa situação era frequente, principalmente, no centro das grandes cidades, por causa de lugares complicados. Entretanto, atualmente, até em bairros considerados pacatos, que não tem o vai-e-vem a todo instante do comércio, essa má prática é flagrada, como se vê em uma rua residencial no bairro Benfica.

Se for pego, de acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a infração para quem estaciona sobre a calçada (passeio) é considerada grave e a multa é um desembolso de R$127,65. E quando a placa indica que é proibido parar e estacionar, a infração é grave e a multa é do mesmo valor. Só que há um agravante: o veículo (foto) cometeu duas infrações graves de trânsito, e além da multa perde 10 pontos na Carteira Nacional de Habilitação, a CNH.

"A calçada não é local para veículos estacionados. Além disso, quando um veículo está estacionado sobre a calçada ou passeio, atrapalha a circulação dos pedestres", desabafa Arlindo Fontenelle, professor de Etimologia (que estuda a origem das palavras). Ele sofre do problema todo dia. "Todas as vezes que eu venho buscar meu neto da escola, há um carro sobre a calçada que nos obriga a sair e caminhar pela avenida. Mesmo que a distância percorrida seja pequena, o perigo existe, já que transita muito ônibus por aqui".

Segundo o profissional, a própria palavra calçada possui o significado relacionado com via. "Importante ressaltar o significado da palavra passeio, definida como parte da calçada ou da pista de rolamento. Neste último caso, separada por pintura ou elemento físico separador, livre de interferências, destinada à circulação exclusiva de pedestres e, excepcionalmente, de ciclistas. Portanto, os passeios (calçadas) devem ficar livres de obstáculos para a passagem dos pedestres e nas calçadas pode ser colocado mobiliário urbano, sinalização, etc.

Mais informações

Detran
Av. Godofredo Maciel, 2900 - Maraponga
Fone: (85) 3101.5819 - Fax: (85) 3101.5821

JOTA POMPÍLIO
REPÓRTER

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999